Diretoria Jurídica presta assistência aos militares mineiro presos em Brasília



O presidente do CSCS PMBM MG Sgt Oliva, determinou a sua diretoria  Jurídica para acompanhar os militares mineiros que estão presos no presídio da PAPUDA. Hoje pela manhã aconteceu a audiência de custódia. Mas devido a grande demanda não há previsão de liberação das pessoas envolvidas, mas já  peticionamos junto a vara de execuções penais, solicitando que os militares preso aqui, sejam transferidos para o 19° BPM.
Compartilhe esta notícia:

"Projeto de Lei 2253/2022 propõe o fim da famigerada “saídinha temporária”

"Centro Social dos Cabos e Soldados da PM e BM de Minas Gerais emite Nota de Repúdio e Clama por Reformas no Sistema Judiciário"

Ação Heroica dos policiais do batlhão ROTAM