Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Bombeiros encontram corpo de motorista que teve carro arrastado e caiu em rio
Publicado em 08/02/2021 11:02

Homem atravessava ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, quando o veículo foi levado pela correnteza. Um outro carro também foi arrastado e o motorista conseguiu sair sem ferimentos.

(Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Os bombeiros encontraram o corpo de um motorista que teve o carro arrastado enquanto atravessava uma ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, no Norte de Minas. As buscas começaram na noite do último sábado (6). Um outro carro também foi levado pela correnteza, mas o condutor conseguiu sair do veículo sem ferimentos.

“O acionamento foi às 20h40 e interrompemos as buscas por volta de meia-noite porque chovia muito, a correnteza estava forte e a luminosidade estava ruim. Retornamos no domingo pela manhã, quando a chuva deu uma diminuída e encontramos um carro sem nenhuma vítima”, explicou o capitão Dilson Veloso.

Até então, os bombeiros não tinham informações de que dois carros haviam caído no rio. Pelos dados do veículo, eles conseguiram localizar o proprietário, em Porteirinha.

“Ele contou que tentou atravessar e abandonou o veículo ao perceber que o carro estava sendo arrastado e não acionou o socorro. Esse veículo caiu na madrugada de domingo e o primeiro carro, caiu por volta das 20h30 de sábado”.

As buscas continuaram e o outro carro foi achado no período da tarde. O motorista, de 34 anos, estava morto dentro do veículo. A perícia da Polícia Civil foi acionada e o corpo foi levado para o IML.

Segundo os bombeiros, o carro estava em um local com cerca de três metros de profundidade.

“Os bombeiros fizeram buscas visual ao longo do leito do rio e fizeram mergulho. O carro foi amarrado com cordas e retirado com ajuda de um trator”.

O G1 fez contato com a família da vítima que está muito abalada e não quis dar entrevista. Por telefone, um cunhado informou que Dilson José de Oliveira morava em Porteirinha e trabalhava como motorista em uma mineradora.

Até às 11h, a família aguardava a liberação do corpo para velório e sepultamento. O velório será na casa do pai de Dilson na Comunidade Furados do Coqueiro e o enterro será na Comunidade de Serra Branca.

Fonte: Marina Pereira, G1 Grande Minas

Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação
Foto: Reprodução/ Inter TV
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG