Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Serpente é encontrada dentro de drogaria na Zona Sul de BH
Publicado em 05/02/2021 13:02

Serpente foi encontrada dentro de farmácia.

(Foto: Reprodução/Google Street View + Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Imagine você estar fazendo compras em uma farmácia e, quando olha pro chão, dá de cara com uma serpente? Pois um réptil foi encontrado na manhã desta sexta-feira (5) em uma unidade da drogaria Araujo no bairro Santa Lúcia, na Zona Sul de belo Horizonte. Os bombeiros foram prontamente acionados e ninguém ficou ferido.

O caso ocorreu nas primeiras horas da manhã de hoje. A farmácia já estava aberta ao público quando a serpente foi encontrada perto de uma das prateleiras da unidade. A drogaria fica ao lado de uma extensa área verde na rua Kepler, no bairro Santa Lúcia, e em frente a um supermercado Dia.

Uma viatura dos bombeiros foi mobilizada e capturou o animal de pequeno porte em segurança. Os militares não souberam precisar a espécie da serpente, mas garantiram que não se tratava de um animal peçonhento. O réptil foi solto em uma mata próxima.

“Em nenhum momento houve risco para as pessoas que estavam no interior da loja – dois clientes e os colaboradores. Todas as medidas necessárias foram adotadas imediatamente pela gerente da loja para garantir a segurança dos clientes e colaboradores”, afirmou a Araujo, em trechos de nota (leia na íntegra abaixo).

O que fazer?

Acidentes envolvendo animais peçonhentos são relativamente corriqueiros. Em Minas Gerais, uma pessoa é atendida pelos bombeiros após levar alguma picada a cada três dias. No ano passado, por exemplo, o Corpo de Bombeiros atendeu 145 vítimas. O número pode ser bem maior, já que alguns mineiros recebem atendimento sem acionar, necessariamente, o socorro dos militares.

Vítimas de ataques de animais peçonhentos em Minas:

2017 – 130

2018 – 142

2019 – 139

2020 – 145

Fonte: Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

E o que fazer caso você encontre algum desses animais em casa – ou, como no caso da Araujo, em algum comércio? “A primeira orientação é verificar se tem alguém perto do animal e que corra risco de ser picado, além de retirar os animais de estimação. Sempre manter a calma, e não tentar realizar a captura se não tiver conhecimento”, orienta ao BHAZ o sargento Allan Azevedo.

“Em seguida, acione as equipes de intervenção do Corpo de Bombeiros Militar pelo número 193, e aguarde no local. Se for possível, permaneça em segurança em um local onde você tenha sempre o animal no seu campo de visão, pois na hora que os bombeiros chegarem até o imóvel, a captura ficará mais fácil e segura”, complementa.

E para quem tem criança ou mesmo bebê na residência? “Os pais devem sempre mantê-las em seu campo de visão, verificar sempre os brinquedos, principalmente os brinquedos com peças pequenas. O local onde a criança transita tem que ser um local limpo, iluminado, e afastado de qualquer móvel, tanto para não correr o risco de cair e machucar, quanto ao risco de picada desse animais. Uma outra medida de segurança é afastar os móveis das paredes, principalmente berços, camas e sofás”, ensina Azevedo.

Nota da Araújo

“A Drogaria Araújo informa que, em relação à serpente que foi encontrada hoje pela manhã na unidade do bairro Santa Lúcia, todas as medidas necessárias foram adotadas imediatamente pela gerente da loja para garantir a segurança dos clientes e colaboradores. O fato aconteceu no momento de abertura da loja e o animal de pequeno porte foi recolhido pelo Corpo de Bombeiros e, em nenhum momento houve risco para as pessoas que estavam no interior da loja – dois clientes e os colaboradores. As informações referentes à espécie e/ou destino do animal devem ser apuradas com o Corpo de Bombeiros”.

Fonte: Thiago Ricci e Salma Freua Assumpção – Bhaz

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG