Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Feminicídio: Homem é preso após matar cantora a facadas em Minas
Publicado em 21/01/2021 12:01

Vítima foi encontrada morta com perfurações de faca, em outubro de 2020.

(Foto: Arquivo pessoal/Franciane Simioni + PCSC/Divulgação)

Um homem de 41 anos foi preso, nessa terça-feira (19), pelo feminicídio da companheira, de 36, assassinada a facadas na cozinha de casa em Uberaba, no Triângulo Mineiro, no ano passado. A cantora Franciane Costa Simioni Dourado de Oliveira foi encontrada morta por policiais em outubro de 2020, e o companheiro estava foragido desde então (relembre aqui).

O homem, que tinha um mandado de prisão preventiva em aberto, foi encontrado na cidade de Indaial, em Santa Catarina, e preso em uma operação conjunta da PCMG (Polícia Civil de Minas Gerais) com a Polícia Civil catarinense ontem.

Investigação

De acordo com a Polícia Civil, a localização dele foi possível graças ao compartilhamento de informações de inteligência entre as equipes da Ficco (Força Integrada de Combate ao Crime Organizado), com base em Uberaba, da qual a corporação faz parte, e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, também em Uberaba.

Para efetivar a prisão, a polícia mineira contou com apoio da Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Joinville e da Delegacia em Indaial.

O crime

Franciane Costa foi encontrada morta em casa depois que o próprio companheiro, preso ontem, assumiu a autoria do crime ao advogado e fugiu do local. À época, o homem informou, por meio do advogado, que a mulher perdeu a consciência ao ser empurrada por ele e cair no chão.

O relato do homem, no entanto, não bate com o que a Polícia Militar encontrou na casa situada no bairro Nossa Senhora da Abadia. Os militares acharam a vítima com quatro perfurações na porta da cozinha.

Ainda conforme as autoridades, características do crime apontavam que o homicídio tinha ocorrido havia algum tempo. Foram encontrados uma faca, um celular, um crachá e a carteira de identidade do companheiro da vítima, além de um cartão de saúde e a CNH de Franciane.

Com o crime, uma criança com cerca de sete anos ficou sem a mãe. Vizinhos afirmaram à polícia que eles constituíam uma família discreta. Ainda no dia em que a mulher foi morta, um morador da região contou que havia ouvido Franciane discutindo com o filho. O garoto teria dito, conforme o relato: “Quero meu pai, quero meu pai”. Esse residente saiu da casa e quando, voltou, por volta das 19h, não escutou nada mais.

O que é feminicídio?

Feminicídio é o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher. Em 2015, a Lei do Feminicídio (Lei nº 13.104/15) juntou-se à Lei Maria da Penha na construção do empoderamento das mulheres em conjunto com as políticas públicas criadas para prevenir e punir atentados, agressões e maus-tratos.

As alterações trazidas pela Lei do Feminicídio imputaram mais severidade nas penas para crimes praticados nos casos de violência doméstica e familiar e de menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

Onde conseguir ajuda?

Caso você seja vítima ou conheça alguém que precise de ajuda, pode fazer denúncias pelos números 181, 197 ou 190. Além deles, veja alguns outros mecanismos de denúncia em Minas Gerais:

  • Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher: av. Barbacena, 288, Barro Preto | Telefones: 181 ou 197 ou 190;
  • Casa de Referência Tina Martins: r. Paraíba, 641, Santa Efigênia | 3658-9221;
  • Nudem (Núcleo de Defesa da Mulher): r. Araguari, 210, 5º Andar, Barro Preto | 2010-3171;
  • Casa Benvinda – Centro de Apoio à Mulher: r. Hermilo Alves, 34, Santa Tereza | 3277-4380;
  • Aplicativo MG Mulher: Disponível para download gratuito nos sistemas iOS e Android, o app indica à vítima endereços e telefones dos equipamentos mais próximos de sua localização, que podem auxiliá-la em caso de emergência. O app permite também a criação de uma rede colaborativa de contatos confiáveis que ela pode acionar de forma rápida caso sinta que está em perigo.

Seja qual for o dispositivo mais acessível, as autoridades reforçam o recado: peça ajuda.

Fonte: Sofia Leão – Bhaz

MAIS NOTÍCIAS
O Governo de Minas Gerais dá aumento ao judiciário e calote na Segurança Pública

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

PMMG anuncia as ações de segurança no Carnaval 2021

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

Atuação do CBMMG durante intensas chuvas em Minas foi essencial para poupar vidas

A atuação dos militares converge e reflete a busca incessante da corporação pela segurança e preservação da população mineira, nas situações de catástrofe e...Leia mais.

12ª Cia PMMG apreende 689 kg de maconha e crack no município de Antônio Dias

Nesta segunda-feira (08), polícia militar da 12ª Cia MAMB prendeu homem suspeito de tráfico ilícito de drogas no município de Antônio Dias, Região metropolitana do Vale do Aço em Minas Gerais e...Leia mais.

Bombeiros encontram corpo de motorista que teve carro arrastado e caiu em rio

(Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Os bombeiros encontraram o corpo de um motorista que teve o carro arrastado enquanto atravessava uma ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, no Norte de Minas. As buscas...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG