Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem demorou quase uma hora para descer do prédio depois que namorada caiu da varanda em BH, diz testemunha
Publicado em 25/11/2020 11:11

A Polícia Civil vai ouvir a partir desta quarta-feira (25) pessoas que estavam na festa em que a administradora de imóveis Hilma Balsamão de Morais, de 38 anos, caiu de uma varanda e morreu no bairro Castelo, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. O caso aconteceu na sexta-feira (20).

Fotos e vídeos feitos por vizinhos mostram a movimentação de moradores, da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da polícia. Hilma caiu de uma altura de 15 metros em uma área privativa, no primeiro andar.

Uma mulher que não quis se identificar disse que o dono da cobertura e namorado da vítima, Gustavo de Almeida Veloso, demorou 50 minutos para descer.

“Quando a PM chamou que ele desceu. Estava com dois advogados ou delegado, a gente não sabe quem que é, com duas pessoas acompanhando ele”, contou.

Outro morador da rua contou que ouviu o que o Gustavo disse à polícia.

“Na hora que ele estava depondo com o sargento, ele falou que não a conhecia”, disse ele.

Hilma e Gustavo namoravam há sete meses, segundo a família da vítima. O que causa estranheza é que, segundo os parentes, Gustavo não foi ao enterro e nem procurou ninguém da família até agora.

As investigações estão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, que aguarda a conclusão do laudo pericial.

Gustavo de Almeida Veloso não foi encontrado pela reportagem para comentar o caso.

Relembre o caso

Segundo informações do boletim de ocorrência, na sexta-feira (20) um vizinho acionou a Polícia Militar, dizendo que ouviu discussões vindas do apartamento 401, onde Hilma estava desde o início da tarde. Logo após a confusão, o morador contou à polícia que escutou um forte barulho na área privativa do prédio.

Ao chegar na parte externa, o vizinho encontrou a vítima caída, com ferimentos na cabeça e no corpo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou a morte da administradora.

Militares que foram até o local conversaram com Gustavo de Almeida Veloso, morador do apartamento onde a vítima estava. Ele disse que os dois tinham um "relacionamento afetivo casual".

No dia da queda, segundo ele, Hilma não aceitou o fim do relacionamento e teria jogado uma garrafa de bebida no chão, o que teria iniciado uma briga entre o casal.

Gustavo ainda contou para a polícia que os dois teriam feito uso de bebidas alcoólicas. Em um momento, ele pediu para que o filho filmasse com o celular a discussão com Hilma, mas que ela teria tomado o telefone do adolescente e jogado no chão.

Ainda segundo o namorado da vítima, ela teria se aproximado da sacada e se jogado do 4º andar. No boletim de ocorrência, o homem negou que agrediu Hilma.

Um vizinho que pediu para não ser identificado contou que as brigas entre o casal eram corriqueiras. "Infelizmente tinham festas constantes no apartamento e, realmente, a gente ouvia discussões", contou o morador.

A polícia informou que outros frequentadores da festa alegaram que não estavam na varanda no momento da confusão e não souberam explicar para os militares o que teria acontecido.

Fonte: Cristiane Leite e Saulo Vieira – TV Globo

Foto: Reprodução/TV Globo

Foto: Reprodução/TV Globo
MAIS NOTÍCIAS
O Governo de Minas Gerais dá aumento ao judiciário e calote na Segurança Pública

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

PMMG anuncia as ações de segurança no Carnaval 2021

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

Atuação do CBMMG durante intensas chuvas em Minas foi essencial para poupar vidas

A atuação dos militares converge e reflete a busca incessante da corporação pela segurança e preservação da população mineira, nas situações de catástrofe e...Leia mais.

12ª Cia PMMG apreende 689 kg de maconha e crack no município de Antônio Dias

Nesta segunda-feira (08), polícia militar da 12ª Cia MAMB prendeu homem suspeito de tráfico ilícito de drogas no município de Antônio Dias, Região metropolitana do Vale do Aço em Minas Gerais e...Leia mais.

Bombeiros encontram corpo de motorista que teve carro arrastado e caiu em rio

(Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Os bombeiros encontraram o corpo de um motorista que teve o carro arrastado enquanto atravessava uma ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, no Norte de Minas. As buscas...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG