Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Foragida, mulher condenada por estupro de filha adotiva é presa em Minas Gerais
Publicado em 11/11/2020 15:11

Investigações apontaram que a suspeita permitia que seu filho biológico estuprasse a irmã adotiva; ela e o marido foram condenados a 17 anos de prisão por participação no estupro da garota.

(Foto: Reprodução/Site oficial da Prefeitura Municipal de Joaíma)

Condenada a 17 anos de prisão por participação nos episódios de estupro cometidos contra a própria filha adotiva, uma mulher foragida da Justiça acabou detida nessa terça-feira (10) após rastreamento da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) no distrito de Umburaninha, que pertence a Bertópolis, no Vale do Jequitinhonha.

A condenada já foi encaminhada para o sistema prisional, onde começará a cumprir a pena pelo crime cometido há quatro anos no município de Joaíma, também na região do Jequitinhonha. Ela se escondia da polícia e da própria Justiça há mais de dois anos. 

A prisão da suspeita aconteceu após uma investigação da polícia mineira para detectar sua localização, iniciada logo após a Polícia Civil da Bahia ter encontrado o marido dela, e pai adotivo da menina estuprada, nas proximidades dos municípios fronteiriços entre os dois estados.

Em rastreamento, os militares encontraram a mulher no exato distrito mineiro que está nos limites com a Bahia. Ela e o marido estão detidos – ambos foram condenados pela Justiça a uma pena de prisão de 17 anos. O filho biológico deles, que teria assediado e abusado sexualmente da própria irmã adotiva, também está detido. Ele foi condenado a 24 anos de detenção pelos crimes.

Violência e ameaçaOs episódios de estupro contra a criança adotada, cuja idade não foi divulgada, aconteceram há mais de quatro anos, em 2016, no município de Joaíma onde ela morava com a família que a retirou do lar. A violência começou logo após a adoção.

Investigações apontaram que o filho biológico do casal era quem efetivamente assediava e estuprava a menina, e os ataques à garota aconteciam com o apoio dos pais dele. Além de ter protegido os estupros, a mãe que adotou a criança ameaçou membros do Conselho Tutelar para que não retirassem dela a menina, e para que também não seguissem com a denúncia.

Fonte: Lara Alves - O Tempo

MAIS NOTÍCIAS
O Governo de Minas Gerais dá aumento ao judiciário e calote na Segurança Pública

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

PMMG anuncia as ações de segurança no Carnaval 2021

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

Atuação do CBMMG durante intensas chuvas em Minas foi essencial para poupar vidas

A atuação dos militares converge e reflete a busca incessante da corporação pela segurança e preservação da população mineira, nas situações de catástrofe e...Leia mais.

12ª Cia PMMG apreende 689 kg de maconha e crack no município de Antônio Dias

Nesta segunda-feira (08), polícia militar da 12ª Cia MAMB prendeu homem suspeito de tráfico ilícito de drogas no município de Antônio Dias, Região metropolitana do Vale do Aço em Minas Gerais e...Leia mais.

Bombeiros encontram corpo de motorista que teve carro arrastado e caiu em rio

(Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Os bombeiros encontraram o corpo de um motorista que teve o carro arrastado enquanto atravessava uma ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, no Norte de Minas. As buscas...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG