Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem mata mulher em BH e finge que casal foi vítima de roubo
Publicado em 17/09/2020 14:09

Mulher morre esfaqueada pelo marido dentro do carro na região Norte de BH.

(Foto: Reprodução/ Google StreetView)

Mais um caso de feminicídio foi registrado em Belo Horizonte nessa quarta-feira (16). Desta vez, uma mulher de 37 anos morreu depois de ser esfaqueada nove vezes pelo marido. A vítima deu entrada no hospital Risoleta Neves já sem vida. Ela sofreu a violência dentro do carro do casal. A moça seguia para o trabalho no momento do crime.

 

A PM (Polícia Militar) prendeu o homem, de 44 anos, no hospital e o encaminhou para a Delegacia de Homicídios. A perícia técnica constatou nove golpes de faca espalhadas pela perna, braço e barriga da vítima.

 

Reviravolta

Inicialmente, a PM foi até o hospital Risoleta Neves para atender a um suposto latrocínio – roubo seguido de morte. O crime ocorreu no bairro Jaqueline, na região Norte da capital. Ao chegarem à unidade de saúde, os militares interrogaram o marido da mulher. Ele alegou que a situação teria ocorrido enquanto ele levava a companheira para o trabalho.

 

O detido explicou aos policiais que o veículo do casal estragou no trajeto. Dois criminosos, então, teriam abordado o casal e agredido a mulher, que estaria se recusando a entregar o celular. Já no hospital, familiares da moça relataram que o histórico do homem era de violência doméstica. A companheira, inclusive, já queria a separação, mas o suspeito não admitia. Contestado pela polícia, o marido afirmou ter discutido com a esposa na noite anterior porque ela havia se cadastrado em um aplicativo de relacionamentos.

 

Diante da contradição, a polícia suspeitou que se tratava de um feminicídio. O laudo da perícia também apontou que as facadas foram dadas por alguém que estava dentro do carro, no banco do motorista. O homem também apresentou arranhões nos braços, indícios de uma tentativa de defesa da mulher.

Fonte: Camila Saraiva - Bhaz

MAIS NOTÍCIAS
O Governo de Minas Gerais dá aumento ao judiciário e calote na Segurança Pública

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

PMMG anuncia as ações de segurança no Carnaval 2021

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

Atuação do CBMMG durante intensas chuvas em Minas foi essencial para poupar vidas

A atuação dos militares converge e reflete a busca incessante da corporação pela segurança e preservação da população mineira, nas situações de catástrofe e...Leia mais.

12ª Cia PMMG apreende 689 kg de maconha e crack no município de Antônio Dias

Nesta segunda-feira (08), polícia militar da 12ª Cia MAMB prendeu homem suspeito de tráfico ilícito de drogas no município de Antônio Dias, Região metropolitana do Vale do Aço em Minas Gerais e...Leia mais.

Bombeiros encontram corpo de motorista que teve carro arrastado e caiu em rio

(Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Os bombeiros encontraram o corpo de um motorista que teve o carro arrastado enquanto atravessava uma ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, no Norte de Minas. As buscas...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG