Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Racismo: homem é preso após discriminar guarda civil de Contagem
Publicado em 14/08/2020 14:08

Autor se negou a obedecer às recomendações de guarda negro; enquanto fazia gesto racista, disse que "não tinha que respeitá-lo".

(Foto: Reprodução/Google Street View)

Um homem foi preso na manhã desta sexta-feira (14) após ato racista contra um guarda civil de Contagem, na Grande BH. Ele se negava a obedecer às orientações do oficial, quando se exaltou e cometeu o ato discriminatório.

 

O crime aconteceu em uma agência bancária, na Praça Silviano Brandão, no Centro de Contagem. O guarda orientava as pessoas que estavam no local para que uma aglomeração não se formasse em frente à unidade e sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras.

 

Todos obedeciam às ordens, exceto o agressor, que estava usando a máscara abaixo do queixo. Mesmo ele se negando a seguir às normas e dizendo que "não obedecia a guardas", o oficial continuava tentando, alertando que a atitude poderia colocar várias pessoas em risco.

 

Iniciou-se então uma discussão no local e o homem começou a ficar cada vez mais exaltado, até que cometeu o ato discriminatório. "Vocês são uma palhaçada, eu não tenho que respeitar você", disse, se dirigindo a um guarda negro enquanto passava a mão no própria pele, que é branca.

 

O homem foi imediatamente conduzido por uma viatura até uma delegacia na região, sem apresentar resistência. Por ser idoso e alegar ter problemas de saúde, ele não foi colocado em nenhuma cela, mas ficou na parte externa do prédio da polícia. Lá, novamente, ele voltou a se descontrolar e a ofender os guardas presentes, os chamando de "vagabundos".

 

Os policiais conseguiram conter a situação sem uso da violência. O homem ainda se encontra na delegacia. Ele provavelmente responderá por injúria racial e pode pegar de um a seis meses de reclusão ou pagamento de multa.

Fonte: Rodrigo Salgado - Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS
O Governo de Minas Gerais dá aumento ao judiciário e calote na Segurança Pública

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

PMMG anuncia as ações de segurança no Carnaval 2021

A notícia divulgada nesta última quinta-feira (7) do novo projeto de lei, sancionado pelo Governador de Minas, Romeu Zema, em recalcular base do terço de férias para juízes e desembargadores, sendo previsto...Leia mais.

Atuação do CBMMG durante intensas chuvas em Minas foi essencial para poupar vidas

A atuação dos militares converge e reflete a busca incessante da corporação pela segurança e preservação da população mineira, nas situações de catástrofe e...Leia mais.

12ª Cia PMMG apreende 689 kg de maconha e crack no município de Antônio Dias

Nesta segunda-feira (08), polícia militar da 12ª Cia MAMB prendeu homem suspeito de tráfico ilícito de drogas no município de Antônio Dias, Região metropolitana do Vale do Aço em Minas Gerais e...Leia mais.

Bombeiros encontram corpo de motorista que teve carro arrastado e caiu em rio

(Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

Os bombeiros encontraram o corpo de um motorista que teve o carro arrastado enquanto atravessava uma ponte sobre o Rio Mosquito, em Porteirinha, no Norte de Minas. As buscas...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG