Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem é preso na Florida por atirar em hotel para exigir distanciamento social
Publicado em 30/07/2020 14:07

"Você não está mantendo a distância recomendada", disse o jovem para uma mulher e seu filho antes de atirar.

(Foto: Chandan Khanna / AFP)

Um homem foi preso na Flórida após efetuar um disparo em um hotel, quando exigia a uma mulher e seu filho que mantivessem o distanciamento social recomendado, em meio ao aumento das tensões pela gravidade da pandemia em uma sociedade fortemente armada.

 

Douglas Marks, de 29 anos, estava na última segunda-feira no saguão de um hotel em Miami Beach, uma ilha turística no sul da Flórida, quando confrontou dois hóspedes.

 

Segundo Marks, a mulher chamada Verónica Peña e seu filho não estavam respeitando o distanciamento social sugerido para impedir a propagação da COVID-19.

 

"Você não está mantendo a distância recomendada", disse Marks, de acordo com o relatório policial de Miami Beach obtido pela AFP nesta quarta-feira. "Vocês todos têm que ir."

 

A mulher e o filho ignoraram Marks e sentaram-se em um sofá de costas para ele.

 

Nesse momento, Peña ouviu Marks dizer: "Deixe-me cuidar deles, há pessoas aqui que não respeitam o distanciamento social".

 

Então ela ouviu vários tiros e fugiu para fora do hotel. Não houve feridos.

 

Quando a polícia chegou, Marks confessou ter tirado a arma da mochila e disparado quatro tiros como forma de "aviso".

 

Ele foi preso por agressão agravada por uso de arma mortal, e por atirar com uma arma em público, entre outras acusações.

 

Uma testemunha que não quis se identificar disse à Local10 que o homem tinha atingido a mulher e a criança.

 

Na Flórida, o ambiente é tenso, principalmente em Miami, onde se concentra um quarto dos casos de coronavírus do estado.

 

Atualmente, um em cada 50 cidadãos da Flórida são diagnosticados com a Covid-19, e o número de mortos chega a 6.333.

 

Na última semana, um outro homem foi preso ao ameaçar com uso de arma uma pessoa que lhe pediu para usar máscara em uma loja do Walmart.

 

A Flórida é um estado com leis negligentes no que se refere a compra e venda de armas, apesar de ter registrado dois dos mais mortais tiroteios da história dos Estados Unidos: um em Orlando, que deixou 49 mortos em 2016, e outro em Parkland, com 17 mortos, em 2018.

Fonte: AFP

MAIS NOTÍCIAS
Dois anos de trabalho intensivo do Corpo de Bombeiros de MG na tragédia Brumadinho

Há exatos dois anos, moradores da cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, passaram por muito sofrimento, angustia e revolta trazida pelo rompimento da Barragem da Mina do Córrego do Feijão, sendo...Leia mais.

Polícia Militar Rodoviária inicia operação para apreender armas de fogo nas estradas de MG

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) deu início, na madrugada desta segunda-feira (25), à segunda fase da operação Rota Segura, com foco na apreensão de armas de fogo nas estradas mineiras sob...Leia mais.

Mulher é esfaqueada, passa por cirurgia e marido está foragido

(Foto: Reprodução/Record Tv Minas)

Uma mulher de 47 anos foi esfaqueada na noite deste domingo (24), no bairro São Benedito, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. Clemência dos...Leia mais.

Padre desaparece após cair de pedra de cachoeira e bombeiros fazem buscas em MG

(Foto: Reprodução Arquidiocese)

O Corpo de Bombeiros realiza, na manhã desta segunda-feira (25), buscas para tentar encontrar um padre que desapareceu em uma cachoeira de Buenópolis, região...Leia mais.

Jovens são baleados em pagode no Morro do Papagaio; dois morreram

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/ D.A Press)

Três jovens foram baleados na madrugada desta segunda-feira (25/01) no Morro do Papagaio, em Belo Horizonte. Dois morrerem no local e um sobreviveu aos quatro tiros que levou, sendo...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG