Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img
img
img
Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Mulher que estava desaparecida é encontrada morta dentro de tambor em Venda Nova
Publicado em 23/09/2019 13:09

(Foto: Reprodução/StreetView)

Uma mulher de 34 anos que estava desaparecida foi encontrada morta dentro de um tambor, no bairro Europa, em Venda Nova, na manhã desse sábado (21). A vítima estava com cortes na cabeça e sinais de agressão. O principal suspeito de cometer o crime é o companheiro dela, de 33 anos. O homem foi detido pela Polícia Militar, mas nega a autoria do crime.

O tambor onde o corpo foi encontrado estava jogado às margens de um córrego, na rua Antônio Porfírio Luiz. Os policiais chegaram ao local após uma denúncia anônima. A princípio, o corpo não foi identificado no momento da localização.

Mais tarde, familiares da vítima contaram aos militares que a mulher era usuária de drogas e estava desaparecida desde a última semana. Contudo, um boletim relatando o sumiço da mulher não foi registrado. Desta forma, o corpo foi identificado por conta das características da mulher.

Outra denúncia levou os policiais até a casa do suspeito de cometer o crime, no bairro Jardim dos Comerciários. O homem não estava no local. A casa dele é no mesmo lote da residência do pai.

O senhor disse aos militares que, na noite de sexta para sábado, teria ouvido gritos na casa do filho. Entretanto, ele não saiu para verificar o que estava acontecendo. Ele levou os policiais até a casa do suspeito.

Na residência, os militares encontraram marcas de sangue nas paredes, no chão e em uma porta. Além disso, havia marcas de tambor no chão, que teria sido retirado do local. A perícia foi acionada no endereço. Foram aprendidos na casa uma camisa suja de sangue, um pé de cabra e outro objeto de ferro não identificado, também ensanguentados.

Diante dos fatos, a PM conseguiu localizar o suspeito no Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova, onde ele estava visitando um idoso. Aos militares, ele assumiu ser o dono do tambor e da casa onde os supostos objetos utilizados no crime teriam sido localizados.

O homem também assumiu que tinha um relacionamento com a vítima e que os dois eram usuários de drogas. Contudo, ele negou a autoria do crime. Segundo a versão do suspeito, a mulher estava na casa dele na sexta-feira (20) e ele teria a deixado sozinha para ir trabalhar. Na mesma noite, três homens teriam invadido o imóvel e a assassinado por conta de dívidas com o tráfico.

A versão cheia de contradições não convenceu os policias. Ele foi detido e encaminhado pera a Central de Flagrantes 4, da Polícia Civil, no Alípio de Melo.

Ainda de acordo com o registro da ocorrência, a vítima era conhecida e querida na região de Venda Nova. Por conta disso, traficantes do bairro Jardim dos Comerciários teriam ameaçado o autor do crime de morte. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Redação Bhaz

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2021 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG