Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Suspeito de mandar torturar e matar de dentro da cadeia por videochamada é preso
Publicado em 20/11/2020 11:11

O homem, de 40 anos, – que estava em prisão domiciliar desde março –, além da sessão de tortura, teria sido responsável por comandar diversas queimas de ônibus coletivos em Betim.

(Foto: Ramon Bitencourt)

Um dos maiores traficantes de drogas de Betim, na região metropolitana de BH, mandou torturar e matar um jovem que devia dinheiro ao tráfico. Toda a ação foi comandada por meio de uma videoconferência feita da penitenciária José Maria Alkimin, em Ribeirão das Neves. O crime aconteceu em janeiro, mas só nesta quinta-feira (19) a Polícia Civil revelou os detalhes da investigação.

 

O homem, de 40 anos, – que estava em prisão domiciliar desde março –, além da sessão de tortura, teria sido responsável por comandar diversas queimas de ônibus coletivos em Betim.

 

Sobre o crime bárbaro, a sessão de horrores durou três horas e teve a participação de nove cúmplices: cinco maiores de idade, e quatro menores. Uma adolescente de 17 anos teria sido incentivada a bater na cabeça do devedor com uma barra de ferro. Quando a Polícia Militar chegou ao local – uma casa da Vila Cemig, em Betim – encontrou a vítima amarrada em lençóis e prestes a ser queimada viva. Mais tarde, a residência acabou incendiada.

 

À época, em janeiro, os militares não conseguiram capturar nenhum dos nove envolvidos. Em novembro, porém, todos acabaram presos, incluindo o líder do bando.

 

“Já estávamos analisando as provas do crime de tortura, quando, em outubro, em um confronto com traficantes da região, a PM atirou e matou dois homens. Em represália, esse mesmo chefe do tráfico mandou que se incendiasse dois coletivos no bairro”, detalhou o delegado Roberto Veran, da Segunda Delegacia de Homicídios de Betim.

 

Por estratégia de segurança, a Polícia Civil contou que a prisão do homeme aconteceu dentro de um Centro de Remanejamento Prisional (Ceresp) quando ele assinava o termo para prisão domiciliar.

 

Suspeito de mandar torturar e matar um homem por meio de uma videoconferência da cadeia, já passou dez dos seus 40 anos dentro de penitenciárias. Apesar do longo tempo de reclusão, ele nunca deixou de agir na criminalidade.

 

“Ele já tem passagens por diversos crimes: tráfico, ameaça à policiais e, pelo menos, três homicídios”, relatou o delegado Roberto Veran, da Delegacia de Homicídios de Betim.

 

“Agora, ele pode responder por associação criminosa, tortura, roubo, corrupção de menores e cárcere privado”, completou.

 

Proteção à Vítima

A Polícia Civil não deu detalhes do jovem – sequer informou a idade – que acabou torturado e quase morto queimado pela organização criminosa. Apenas informou que ele se mudou para outro Estado. Segundo o delegado, a motivação do crime teria sido uma dívida não paga por drogas.

Fonte: Raquel Penaforte – Super Noticia

MAIS NOTÍCIAS
Dupla é presa suspeita de portar arma de fogo ilegal em bairro de BH

No bairro São Gabriel, na região Nordeste de Belo Horizonte, dois homens foram presos com armas de fogo. Um dos suspeitos é irmão de um criminoso já conhecido pela Polícia Militar.

Fonte: R7 MG no...Leia mais.

Homem usa remédio para causar aborto em companheira durante o sexo e é preso em flagrante

Na noite do dia 14 de novembro, um sábado, Tamires, 32, que preferiu não ter o sobrenome divulgado, fez sexo com Giuliano Augusto Trondoli Cunha, com quem se relacionava desde janeiro deste ano. Na ocasião, Giuliano Trondoli...Leia mais.

Polícia Civil prende quatro suspeitos de homicídio em ocupação em Belo Horizonte

Três homens e uma mulher, com idades entre 20 e 30 anos, suspeitos de cometerem um homicídio foram presos em Belo Horizonte na última segunda-feira (23). Segundo informações repassadas pela Polícia Civil...Leia mais.

Homem é preso após fazer a ex refém e ameaçar matá-la em Venda Nova, em BH

A Polícia Militar prendeu na manhã desta quinta-feira (26) um homem de 38 anos suspeito de fazer a ex-namorada refém. O crime ocorreu por volta de 3h40 no Bairro Jardim Leblon, Região de Venda Nova.

Segundo o...Leia mais.

PM prende suspeito de tráfico e apreende drogas no Morro das Pedras, na Região Oeste de BH

A Polícia Militar (PM) prendeu um homem suspeito de tráfico e apreendeu drogas e uma pistola, nesta quinta-feira (26), no Morro das Pedras, na Região Oeste de Belo Horizonte.

De acordo com a PM, a prisão e as...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG