Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Polícia prende homem que matou irmã a facadas e fez sobrinhos reféns
Publicado em 15/10/2020 10:10

Equipe do BOPE trabalhou durante toda a tarde nas negociações.

(Foto: Real Publicação/Reprodução)

O caso do homem que esfaqueou a irmã e fez dois sobrinhos reféns hoje (14), dentro de casa em Igarapé, na região metropolitana de BH, foi encerrado depois de quase quatro horas de negociações. As crianças, uma menina de 11 anos e um garoto, 4, foram resgatadas sem ferimentos, mas a mãe, que estava grávida de quatro meses, morreu a caminho do hospital. O homem foi preso.

 

De acordo com a PM, as equipes foram acionadas por volta das 13h, com a informação de que uma mulher havia sido esfaqueada e, logo em seguida, outra ligação dava conta de que o autor era o irmão dela. “A alegação dele no momento em que nós chegamos, cerca de oito minutos depois, era de que ela havia colocado droga na bebida dele. Foi só o que ele falou”, explicou o tenente-coronel Carlos Eduardo Caetano Itabirano, em entrevista coletiva no fim da tarde.

 

Os militares ainda não sabem exatamente como foi a dinâmica do crime – se o homem chegou em casa alterado ou se algum problema pontual levou ao ataque contra a irmã -, já que a única coisa que ele disse nas negociações foi que ela havia colocado droga na água que ele bebia. A mulher chegou a ser socorrida por populares e levada a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) local, mas não resistiu.

 

Tarde de ameaças

Ainda segundo o tenente-coronel, as negociações, que se estenderam pela tarde, foram muito delicadas, já que o homem a todo tempo ameaçava jogar o sobrinho mais novo pela janela. “Por ser menor, por ser mais leve, ele conseguia erguer o garoto e colocar para fora da janela. E a gente naquele trabalho de acalmá-lo para que ele não fizesse essa bobagem”, lembra.

 

O vídeo abaixo, publicado pela página Igarapé Livre, mostra uma das ocasiões em que o homem coloca o sobrinho para fora da janela. Nas imagens, é possível ver vários moradores curiosos com a situação, enquanto o menino grita e se desespera.

Fonte: Giovanna Fávero - Bhaz

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG