Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Incêndio em parque do bairro Castelo consome vegetação há dois dias
Publicado em 07/10/2020 11:10

Somente nesta terça, os bombeiros registraram, pelo menos, 199 chamados para atendimento a incêndios em vegetação na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

(Foto: Corpo de Bombeiros/Reprodução)

Cerca de 30% de vegetação do Parque Municipal Ursulina de Andrade Mello, no bairro Castelo, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte, já foram destruídos por um incêndio que atinge o local há dois dias. O parque possui uma área total de 312 mil metros quadrados e a suspeita é que o incêndio seja criminoso.

 

Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo ainda não foi extinto e dez militares trabalham no local na noite desta terça-feira (6). "Há alguns focos com chamas. Os bombeiros estão fazendo combate direto para extingui-los, utilizando mangueiras, abafadores e bombas costais", explicou a corporação.

 

O lugar é de difícil acesso e, para conter as chamas, foi preciso fazer um acesso por outro ponto da reserva para facilitar a entrada dos militares. Um ponto de monitoramento para a visualização de possíveis novos focos também foi montado.

 

Durante a ação para conter o fogo, que começou na manhã de segunda-feira (5), os bombeiros contaram com a ajuda de cerca de 25 civis, entre brigadistas do parque, Força Tarefa Previncêndio (FTP) e voluntários. Até o meio da tarde, pelo menos 20 mil litros já haviam sido utilizados. Uma equipe trabalhou durante a madrugada até as 3h da madrugada.

 

Às 6h30 desta terça havia cinco militares fazendo o mapeamento da área. Os focos apagados pela manhã permaneceram extintos e a área ficou sob monitoramento. Mas durante a tarde novos focos surgiram e as chamas voltaram a atingir as copas das árvores.

 

Cerca de dez hectares já foram atingidos, o que representa 30% da reserva que possui 312 mil metros quadrados.

Fonte: Rosiane Cunha – Hoje Em Dia

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG