Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
PM detém “Skol Beats” em BH, o adolescente suspeito de torturar e matar
Publicado em 24/09/2020 11:09

Apesar de muito jovem, o adolescente, que tem o apelido de uma das cervejas mais famosas do país, é suspeito de ter cometido três homicídios, além de ter torturado uma adolescente, em 2017, e de ter envolvimento com tráfico de drogas.

(Foto: Divulgação Polícia Militar de Minas Gerais)

Com apenas 16 anos e uma extensa ficha criminal, “Skol Beats”, um adolescente de Belo Horizonte, intitulado como “bandido de altíssima periculosidade”, acaba de ser detido pela Polícia Militar. Ele foi encontrado na tarde desta quarta-feira (23) no aglomerado da Serra, região sul de Belo Horizonte, durante uma operação policial.

 

Apesar de muito jovem, o adolescente que tem o apelido de uma das cervejas mais famosas do país e é membro da gangue “Pau Comeu”, é suspeito de ter cometido pelo menos dois homicídios, além de ter torturado uma adolescente, em 2017, e de ter envolvimento com tráfico de drogas.

 

O Skol Beats foi detido com uma arma de fogo, além de maconha, pinos de cocaína, um rádio comunicador, um celular e dinheiro em espécie. Por ainda ser menor de idade, o adolescente foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH).

 

Vida no crime

Um dos assassinatos que o adolescente é suspeito de ter cometido aconteceu em 2019, na Vila Novo São Lucas.

 

Ele também é suspeito de ter assassinado um companheiro do tráfico, que, segundo os militares que participaram da apreensão, aconteceu provavelmente a mando do chefe do tráfico local por conta de desentendimentos.

Fonte: Raquel Penaforte - O Tempo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG