Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Bombeiros e brigadistas retomam operação de combate a incêndio na Serra da Moeda
Publicado em 14/09/2020 15:09

De acordo com o Instituto Estadual de Florestas (IEF), há focos de fogo em diferentes locais do monumento natural.

(Foto: Cristiane Mattos/O Tempo)

Pelo terceiro dia consecutivo, o Instituto Estadual de Florestas (IEF) está empenhado, neste domingo (13), no combate ao incêndio que atinge o Monumento Natural da Serra da Moeda, na região Central de Minas. Ao todo, 81 pessoas estão atuando no combate às chamas, sendo 28 brigadistas, 15 bombeiros militares, seis policiais militares e 32 voluntários.

 

Segundo o IEF, os trabalhos foram retomados às 6h, com o apoio de um helicóptero da Polícia Militar, quatro aviões airtractor do próprio Instituto e 16 veículos.

 

O fogo teve início por volta das 14h30 da última sexta-feira (11). O combate às chamas começou sete minutos após a detecção, mas ocorreram diversos focos em locais diferentes, o que dificultou a operação.

 

De acordo com o Instituto, provavelmente, o incêndio foi criminoso. O levantamento da área queimada será feito após o encerramento das atividades de combate.

 

O Corpo de Bombeiros informou que as ações de combate ao fogo estão sendo executadas em pontos estratégicos. Nove equipes foram distribuídas e lançadas nas localidades de maior necessidade.

 

Chamas atingiram casa

 

Neste sábado (12), um brigadista contou a reportagem de O TEMPO que as chamas se alastraram por um condomínio residencial de Moeda e consumiu uma casa, segundo um dos funcionários do residencial, que também atua como brigadista.

 

De acordo com Vital de Oliveira, brigadista e gerente de uma fazenda do Condomínio Santuário, ele e os demais 17 homens da equipe do local tentam combater o fogo desde sexta-feira. Oliveira diz ainda que a casa incendiada, uma das 17 do residencial.

 

"Trabalho aqui há 20 anos e nunca vi fogo assim", diz. Quando a reportagem esteve no local, por volta das 15h, a fumaça já se aproximava de uma das casas e havia fogo onde Oliveira disse estar a casa incendiada. Não há relatos de vítimas nesse incêndio.

 

A Serra da Moeda

 

O monumento natural tem uma área de 70 quilômetros e é reconhecida pela beleza e por apresentar condições favoráveis para a prática do voo livre. São 1.500 metros de altitude e uma rampa natural para a prática dos voos. Além de Moeda, a serra se estende pelos municípios de Brumadinho, Nova Lima, ambas na região metropolitana, Itabirito, Belo Vale e Ouro Preto, na região Central.

Fonte: Rafaela Mansur, Natália Oliveira E Gabriel Rodrigues - O Tempo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG