Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Suposto falso médico veterinário é investigado em Pará de Minas
Publicado em 01/09/2020 13:09

O suspeito utilizava um carimbo com número inexistente do Conselho Regional de Medicina Veterinária; Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

(Foto: Divulgação/PCMG)

A Polícia Civil em Pará de Minas, Região Centro-Oeste do Estado, desencadeou operação nesta segunda-feira (31), para apurar a atuação de um suposto falso médico veterinário que atua na cidade. As investigações tiveram início após denúncia recebida pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV/MG). O jovem, de 25 anos, foi encontrado em um pet shop.

 

De acordo com o delegado regional, Carlos Henrique Gomes Bueno, o suspeito utilizava-se de um carimbo com um número de registro inexistente junto ao CRMV/MG e se passava como médico veterinário, inclusive em redes sociais. O Conselho também atua no caso e já adotou as medidas administrativas contra ele.

 

Durante a operação foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo um deles em um pet shop onde o suspeito atuava. Ele não chegou a ser preso e será intimado a prestar esclarecimento sobre os fatos no decorrer do inquérito policial. “Ele responderá pelos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão”, explica o delegado responsável pelas investigações, Cesar Augusto de Faria Freitas.

 

No local, foram encontrados um carimbo utilizado para receituários e consultas, anotações de procedimentos veterinários, tais como castração, eutanásia, além de um jaleco de trabalho, documentos que comprovam a prática de outros procedimentos privativos de médico veterinário, um aparelho celular, notebook e pen drives.

 

A reportagem entrou em contato com o CRMV, mas ainda não obteve o retorno sobre o caso em investigação.

Fonte: Portal Gerais

Foto: Divulgação/PCMG
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG