Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Mais um homem é preso por chacina em Itabirito; irmão dele também é procurado
Publicado em 01/09/2020 13:09

Investigação indica que motivo foi disputa por pontos mais lucrativo para tráfico de drogas; cinco homens são suspeitos de participarem do crime e dois continuam foragidos.

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

A Polícia Civil prendeu mais um homem suspeito de participar de chacina em Itabirito, na região Central, no último dia 8 de agosto. O irmão dele também é procurado pelo mesmo crime, mas, segundo fontes policiais, ele mora em outro local e continua foragido.

 

O suspeito estava em sua casa, no bairro Marzagão, mesma cidade do crime brutal, quando foi abordado. A prisão foi na tarde da sexta-feira, 28, pouco tempo depois de entrevista coletiva sobre a captura de outros dois suspeitos do crime.

 

Segundo as investigações cinco pessoas participaram da execução que terminou com cinco pessoas mortas e três feridas, entre elas uma criança de dois anos.

 

O delegado titular da Polícia Civil de Itabirito, Frederico Ribeiro de Freitas Mendes, explica que a execução foi o desfecho de uma série de outros crimes que tem como foco a disputa por ponto de venda de drogas.

 

“Os suspeitos chegaram ao local em um carro com quatro pessoas, sendo que o quinto investigado estava em uma moto. Eles entraram na casa e efetuaram disparos de arma de fogo em todos que estavam lá. Os alvos seriam uma pessoa que está presa, e outra que teria sido vítima de uma tentativa de homicídio, no dia 14 de maio, na mesma casa em que aconteceu a chacina”, explicou Mendes.

 

Todos os suspeitos presos foram encaminhados para a Penitenciária de Ouro Preto, na região Central. Outros dois homens são procurados. Eles responderão por cinco homicídios e três tentativas de homicídio, caso as vítimas hospitalizadas sobrevivam.

 

Chacina seria antes

 

Cinco dias antes da chacina, tiros foram disparados na porta da casa da família. Segundo as investigações, nesse dia aconteceria a execução, porém um dos envolvidos desistiu.

 

“Um homem foi coagido a ir lá porque devia aos traficantes. Quando ele soube o que seria feito, ficou apavorado, tentou sair do carro e tiros foram disparados acidentalmente. Essa pessoa foi deixada na porta da UPA Itabirito, e os bandidos reprogramaram a execução para o domingo, 8”, explicou o delegado Frederico de Oliveira Mendes.

 

O crime

 

A chacina aconteceu em uma casa na Vila José Lopes, local conhecido como “região dos macacos”. Cinco pessoas da mesma família foram mortas, todas com tiros na cabeça e no rosto. Algumas dessas vítimas foram baleadas mais de vinte vezes, conforme dados periciais.

 

No local do crime morreram uma mulher de 43 anos, dois homens de 20 anos, e uma jovem de 16 anos. Uma semana depois do crime, uma adolescente, de 14 anos, morreu no hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Ela era neta da mulher morta na casa.

 

Outras duas mulheres, de 20 anos, continuam internadas em estado grave no Hospital João XXIII, conforme informações da Civil. Ainda segundo a corporação, a criança de dois anos foi atingida no braço, mas, passa bem. Uma das mulheres atingidas estava com um bebê no colo, mas, o recém-nascido, por sorte, não se feriu, conforme testemunhas. Todas as vítimas são do mesmo núcleo familiar.

Fonte: Aline Peres - O Tempo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG