Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Suspeito de envolvimento com tráfico de drogas usava espada para torturar inimigos em Esmeraldas, diz polícia
Publicado em 13/08/2020 13:08

Os militares chegaram até os suspeitos por meio de uma denúncia anônima que dizia ter conhecimento sobre a venda de entorpecentes na região dos bairros Santa Cecília e Veneza.

(Foto: Reprodução / TV Globo)

A polícia prendeu três suspeitos por envolvimento com o tráfico de drogas em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a PM, eles já são conhecidos pela prática do crime e foram surpreendidos durante negociação na madrugada desta quinta-feira (13).

 

Os militares chegaram até os suspeitos por meio de uma denúncia anônima que dizia ter conhecimento sobre a venda de entorpecentes na região dos bairros Santa Cecília e Veneza. Durante patrulhamento, abordaram um veículo de aplicativo, com passageiro.

 

O usuário do transporte demonstrou nervosismo e chamou a atenção dos policiais. Ao comentar para onde seguia, ele acabou revelando o nome de um dos suspeitos procurados pela PM. Os policiais simularam ter liberado o carro para que pudessem chegar ao local onde ocorreria a venda da droga.

 

Segundo o boletim de ocorrência, quando os militares se aproximaram da Rua 43, na altura do bairro Florença, foram vistos por dois indivíduos no portão de uma casa. Eles correram para dentro e foram cercados pelos policiais.

 

No local, a PM encontrou um homem identificado como Kleverson, 27 anos, apontado como chefe do tráfico na região. Ele também é chamado de “Klevinho”. Na casa dele, a guarnição apreendeu oito barras de maconha, cinco porções da droga, três porções de cocaína, 30 equipamentos utilizados no preparo de cigarro, um colete e uma espada. Também foram encontrados uma pistola calibre 380 e dois celulares, além de material para embalar a droga.

 

O passageiro do carro de aplicativo foi identificado como Guilherme, de 28 anos. Ele também é conhecido como “calango” e confessou participação no tráfico, dizendo que foi até o local para negociar a venda de entorpecentes, dizendo que é parceiro de Kleverson, de longa data.

 

O terceiro suspeito preso foi identificado como Lucas e tem 24 anos. Os policiais não encontraram materiais ilícitos com o ele.

 

Tortura

A polícia tem conhecimento de que a espada apreendida era utilizada por Kleverson para intimidar e torturar os inimigos que tinha por causa do tráfico de drogas. Aos militares, o suspeito informou que tinha o objeto para uso pessoal.

 

De acordo com a PM, o material era embalado por cores diferentes para que a origem dos entorpecentes fosse conhecida. Segundo os militares, cada cor é referente a uma gangue que atua na região dos bairros Veneza, em Ribeirão das Neves e Floresta Encantada, em Esmeraldas, dois municípios da Grande BH.

Fonte: Guilherme Pimenta - G1 Minas

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG