Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem agride funcionário de hotel em MG após tentar fazer reserva
Publicado em 12/08/2020 13:08

Briga teria começado após o funcionário pedir para que o cliente tivesse a temperatura aferida antes de entrar no estabelecimento; ninguém foi preso.

(Foto: Reprodução / Record TV Minas)

Um recepcionista de um hotel foi agredido por um hóspede, em Varginha, a 323 km de Belo Horizonte, após o cliente se recusar a ter a temperatura medida pelo funcionário. O caso, que foi gravado por câmeras de segurança do local no último sábado (8), viralizou nas redes sociais nesta terça-feira (11).

 

De acordo com a Polícia Militar, a confusão começou após a vítima, de 24 anos, pedir para que o suspeito, de 30, medisse a temperatura para entrar no local. as imagens mostram quando o cliente pega um objeto e parte para cima do funcionário, que estava atrás do balcão.

 

Ainda segundo a polícia, o funcionário revidou a agressão. Segundo o registro policial, uma mulher teria chegado e separado à briga entre os envolvidos, e o suspeito de 30 anos deixou o hotel logo em seguida. A PM informou que ninguém foi preso.

 

Segundo a Polícia Civil, os dois envolvidos na briga registraram o ocorrido na Delegacia de Polícia Civil de Varginha. No entanto, para dar prosseguimento às investigações do caso, é necessário que um dos envolvidos compareça à delegacia e faça a representação pessoalmente.

 

Defesa

 

Por meio de nota, a gerência do Via Garden Hotel informou que "lamenta o ocorrido e que já está tomando as devidas providências sobre o caso".

 

Outro lado

 

Também por meio de nota, o advogado Raul Resende Lima, que representa o cliente do hotel que tentou agredir o funcionário, informou que o vídeo que circula nas redes sociais não mostra a verdade dos fatos e que não está reproduzido na íntegra, "prejudicando a honra e a moral" do envolvido.

 

Ainda segundo a nota, Resende disse que o homem foi agredido verbalmente e discriminado pelo atendente, que, segundo o advogado, "criou empecilhos para fazer a reserva no hotel".

 

Resende ainda informou que "em nenhum momento o atendente do hotel pediu para auferir a temperatura do homem". O advogado disse que o atendente, a todo momento, "tratou o envolvido com desprezo e ironia, debochando da situação e da condição física" do homem, e passou a buscar motivos para não realizar a reserva do quarto, inclusive exigindo o pagamento da diária de forma antecipada, vistoriou a placa do veículo e solicitou documentos pessoais da namorada do homem.

 

Ainda segundo a nota do advogado, "o envolvido, com intuito de resolver o problema, solicitou a presença do gerente, sendo que tal pedido fora negado pelo atendente, que passou a ironiza-lo".

 

Resende ainda concluiu que "devido a situação e a parcialidade dos fatos levados à público, todas as medidas judiciais cabíveis serão tomadas".

 

O R7 não conseguiu contato com o funcionário do hotel para que comentasse as acusações da defesa do cliente.

Fonte: Caio Augusto, do R7, com Mayara Folco, da Record TV Minas

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG