Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem é morto após furar blitz, roubar carro e fazer família refém
Publicado em 09/07/2020 16:07

Um homem de 36 anos foi morto pela PM (Polícia Militar) após uma sequência de crimes em Ribeirão das Neves.

(Foto: Google Street View/Reprodução)

Um homem de 36 anos foi morto pela PM (Polícia Militar) após uma sequência de crimes em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, nessa quarta-feira (8). Laender Faustino Pimenta, conhecido como “Gordinho”, furou uma blitz, roubou um carro, fez uma família refém e ameaçou atirar nos policiais. Ele já tinha passagens na polícia por homicídio, roubo, tráfico de drogas, porte e posse ilegal de arma. Um parceiro dele foi preso.

 

Segundo a PM, uma blitz estava sendo realizada no bairro Cabral, em Contagem, também na região metropolitana. Em determinado momento, um Nissan Versa furou o bloqueio e fugiu, no sentido BR-040. Durante o trajeto, dois homens abandonaram o carro. Um dos suspeitos foi preso, e afirmou que a dupla fugiu porque a placa do carro era clonada.

 

Como o suspeito morreu

 

O outro suspeito, conhecido como “Gordinho”, conseguiu fugir, roubou um veículo e dirigiu até o bairro San Remo, em Ribeirão das Neves. Na região, ele invadiu uma casa e fez uma família refém. No local, ele chegou a trocar de roupa. O objetivo era tentar se disfarçar.

 

Logo depois, ele entrou em outra residência, se escondeu em um quarto e trancou a porta. A polícia chegou até essa casa e entrou no quarto. Os policiais tentaram negociar com o bandido, que já empunhava uma arma, apontada contra os militares.

 

O homem ameaçou atirar, mas a PM conseguiu disparar primeiro. O tiro atingiu em cheio o suspeito, que foi levado para o Hospital São Judas Tadeu, ainda com vida. Porém, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

 

A corregedoria da PM abriu um procedimento interno para apurar o caso. Ninguém mais ficou ferido. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.

Fonte: Vitor Fernandes – Bhaz

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG