Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Representantes de Classe da Segurança Pública seguem em guerra contra pacote de maldades do governador Romeu Zema
Publicado em 01/07/2020 13:07

Os representantes da segurança pública iniciaram o primeiro dia do mês de julho reunidos para deliberar os rumos que a categoria vai seguir para fazer o governador Romeu Zema entender que não vão aceitar o pacote de maldades que constam na Proposta de Emenda Constitucional 55/2020 e PLC 46/2020, que trata da reforma da previdência, política remuneratória, dentre outros, encaminhada pelo governador para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no ultimo dia19 de junho.

 

Na segunda-feira, 29/06, às Entidades de Classe e deputados Sargento Rodrigues, Subtenente Gonzaga e Delegada Sheila entregaram ao presidente da ALMG, Agostinho Patrus, um documento solicitando a rejeição da PEC 55 E PLC 46. A diretoria do Centro Social dos Cabos e Soldados (CSCS PM/CBM-MG) acompanhou a entrega virtualmente, pois foi estipulado um número máximo de participantes devido a pandemia do Coronavírus. Ao todo 16 presidentes de Entidades e 7 deputados assinaram e defendem a rejeição.

 

" Continuamos defendendo o nosso posicionamento contrário ao pacote de maldades apresentado pelo governador aos servidores do Estado. O que foi conquistado por direito, ninguém vai nos tomar. É inadmissível que esse governador queira destruir as carreiras dos servidores públicos”, ressaltou o presidente Cabo Coelho.

 

O grupo definiu que na próxima sexta-feira, 03/07, às 9h, vão se reunir com os representantes de classe de outras áreas como saúde e educação para agregá-los ao movimento.

 

Na próxima quarta-feira, 08 de julho, os servidores irão para as ruas manifestarem contrário ao Projeto do Governo e convocam a todos os profissionais da segurança pública e servidores de todas as áreas a se fazerem presentes. A concentração acontecerá a partir de 8h na ALMG, respeitando o distanciamento social devido a Pandemia do Coronavírus. O grupo ainda promete uma paralisação estratégica de algumas atividades da segurança em decorrência da falta de respeito e compromisso do Governador de Minas.

 

"Temos o dever de defender os servidores da segurança pública, assim como todos os profissionais. Não será o Coronavírus que nos impedirá de defender nas ruas nossos direitos. A culpa é do governo!", esta opinião foi unânime entre o grupo que participou durante a reunião desta quarta-feira.

 

O grupo permanecerá unido e vigilante. Participaram da reunião: deputados Sargento Rodrigues, Subtenente Gonzaga e representante do deputado Léo Motta; Entidades: CSCS PM/CBM-MG; ASPRA; ASCOBOM; SINDPOL; SINDASP; SIAPOL/PC; SINDPCRI; SINDEP; AESPOL/COBRAPOL; AEMG; ADEPOL-MG; SINDSISEMG; AMML.

 

Fonte: (Comunicação CSCS PM/CBM-MG)

Representantes de Classe da Segurança Pública seguem em guerra contra pacote de maldades do governador Romeu Zema
Representantes de Classe da Segurança Pública seguem em guerra contra pacote de maldades do governador Romeu Zema
Representantes de Classe da Segurança Pública seguem em guerra contra pacote de maldades do governador Romeu Zema
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG