Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem bate na companheira e pede para ser preso em Uberaba
Publicado em 29/06/2020 18:06

Vítima, de 18 anos, contou à polícia que o agressor foi contido por parentes dela. Depois disso, ele foi a uma companhia da PM e se entregou.

(Foto: Reprodução da internet/Google Maps)

Um homem de 35 anos foi detido, na tarde desse domingo, após agredir a companheira, de 18, no Bairro Nossa Senhora da Abadia, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Segundo a Polícia Militar (PM), depois de bater na jovem, ele foi até uma companhia da corporação pedir para ser preso.

 

Conforme a PM, o homem chegou ao posto policial contando sobre a briga com a companheira e que havia “perdido o controle”. Ele disse que não queria agredi-la novamente e, por isso, precisava ser preso. Ainda à polícia, o homem parecia alterado psicologicamente.

 

Os policiais mandaram uma viatura até o endereço do casal, encontraram a vítima e constataram a agressão. A jovem disse que queria representar contra o companheiro.

 

De acordo com a PM, ela afirma que, após consumir bebidas alcoólicas, o agressor queria sair para comprar mais álcool ou drogas. A vítima disse que, ao intervir, o homem ficou agressivo e a empurrou. Ele foi contido por familiares dela e, depois, saiu da casa.

 

A polícia registrou um boletim de ocorrência de lesão corporal e os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Plantão de Uberaba.

 

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que o homem foi ouvido e liberado. “O fato está sendo investigado e todas as medidas cabíveis estão sendo realizadas. O caso segue em segredo de justiça e mais informações só serão repassadas em momento oportuno”, detalhou a instituição por meio de nota.

Fonte: Cristiane Silva – Estado de Minas

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG