Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
MP de Minas cumpre quatro mandados em caso das rachadinhas
Publicado em 23/06/2020 12:06

Ação acontece em apoio ao MP do Rio de Janeiro no âmbito da investigação das rachadinhas na Alerj.

(Foto: Sebastião Moreira/EFE)

O MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) cumpre nesta terça-feira (23) quatro mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte no âmbito do caso das rachadinhas na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

 

A ação do MP de Minas acontece em apoio ao MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro). Na quinta-feira (18), o ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz, foi preso no âmbito desta investigação.

 

Rachadinha é o nome dado a uma manobra em que o funcionário devolve parte do salário ao parlamentar. Segundo o MPRJ, servidores da Alerj devolveriam parte dos vencimentos a Flávio na época em que ele era deputado estadual do Rio de Janeiro.

 

Queiroz está preso no Complexo de Gericinó, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a Seap (Secretaria de Administração Peniteniária), o ex-assessor de Flávio está ocupando uma cela de 6 m², com cama, chuveiro, vaso sanitário e pia.

 

Fonte: Giuliana Saringer, do R7

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG