Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Profissionais da Segurança Pública de todo país serão afetados pela PLP 039/2020
Publicado em 28/05/2020 22:05

Na noite desta quarta-feira, 27 de maio, a diretoria do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), tomou conhecimento sobre a decisão do presidente da república, Jair Bolsonaro, de não vetar o Art. 8º, do PLP 039/2020, que proíbe a união, Estados, o Distrito Federal e os Municípios de conceder, até 31 de dezembro de 2021, qualquer vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração aos servidores e empregados públicos e militares, dentre outras medidas que afetam diretamente a carreira dos policiais e bombeiros militares e servidores públicos de todos os Estados do Brasil.

 

Lamentamos profundamente a decisão do presidente, que incluiu o congelamento de contagem de tempo para fins de Adicional de Desempenho (ADE), uma forma que constitui vantagem remuneratória mensal ao militar, além de quinquênios, antecipação de transferência para inatividade, dentre outros benefícios conquistados com muito custo pelos policiais e bombeiros militares e que em breve serão comunicados pelos Comandos.

 

Acompanhamos a luta do deputado federal Subtenente Gonzaga e também do Senador Major Olímpio que fizeram de tudo para que o Bolsonaro pudesse vetar este artigo do Projeto de Lei, para não trazer consequências danosas, especialmente aos servidores das segurança. E continuaremos apoiando os parlamentares, pois os vetos voltam ainda para o Congresso e mesmo sabendo das dificuldades, nada é impossível.

 

“O Centro Social dos Cabos e Soldados está junto e envolvido nessa luta e tomará todas as medidas judiciais cabíveis para resguardar os direitos da categoria que representa”, frisou o presidente Cabo Coelho.

Fonte: (CSCS PM/CBM-MG)

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG