Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Polícia recupera carga roubada de três toneladas de explosivos
Publicado em 24/09/2019 14:09

Material havia sido desviado para duas cidades mineiras; investigação suspeita que explosivos seriam usados em roubos de caixas eletrônicos.

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A Polícia Civil recuperou, na noite desta segunda-feira (23), uma carga de três toneladas de explosivos que havia sido roubada durante manhã, na BR-381, em Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a corporação, parte do material foi encontrado em Sabará, também na Grande BH, e o restante no distrito de Ravena.

De acordo com Wilian Braga, inspetor do Depatri (Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio), a carga estava camuflada com galhos secos e folhas, dificultando a localização dos explosivos. O policial afirma, ainda, que a carga roubada seria usada na explosão de caixas eletrônicos no Estado.

— A criminalidade usa agora o estouro em caixa eletrônico. Então com certeza em mãos erradas ela pode trazer um transtorno muito grande para a sociedade e para a polícia.

O motorista do caminhão roubado relatou à polícia foi abordado por dois homens em uma motocicleta. Como a carreta estava lenta, um dos suspeitos subiu no veículo com a arma em punho fazendo a abordagem.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), após ser solto, o motorista dirigiu até o posto da corporação, em Sabará, e registrou o roubo.

Após registros das ocorrências, o delegado entrou em contato com o Exército Brasileiro sobre o motivo pelo qual a carga estava sendo transportada sem escolta armada.

O tenente-coronel Flávio Milhomem Silva disse que a escolta é definida pela distância e não por peso e natureza do explosivo.

— Ficou definido por uma diretriz da 4º Região que aqui em Minas o transporte de explosivo de um raio de ação acima de 200 km é obrigatório a escolta armada. De até 200 km, a empresa fica desobrigada de contratar a guarda.

O tenente afirma que o transporte foi feito de maneira regular. A empresa afirma que o caminhão possuía rastreador e a polícia foi acionada assim que o veículo saiu da rota.

Até o momento, os suspeitos do crime ainda não foram encontrados.

Fonte: Marina Avelar, do R7, com Record TV Minas

MAIS NOTÍCIAS
O PROJETO DE LEI 1.205/2019, QUE PERMITE AO GOVERNO PAGAR O 13º SALÁRIO E RETOMAR O PAGAMENTO NO 5º DIA ÚTIL FOI APROVADO NESTA QUARTA-FEIRA (04/12)

Na manhã desta quarta-feira, 04/12, o Projeto de Lei 1.205/2019, de autoria do Governador do Estado, foi aprovado, em segundo turno pelo plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). 

Sendo assim, o Governo...Leia mais.

Tabela Salarial PMMG, CBMMG e Pensionistas até setembro de 2022

Parlamentares e entidades representativas da Segurança Pública se reuniram na manhã desta sexta-feira (22/11) com os Secretários de Governo, de Planejamento e Gestão e de Justiça e Segurança...Leia mais.

 Nota Conjunta - Governo anuncia calendário de reposição das perdas inflacionárias

Parlamentares e entidades representativas da Segurança Pública se reuniram na manhã desta sexta-feira (22/11) com os Secretários de Governo, de Planejamento e Gestão e de Justiça e Segurança...Leia mais.

PL 1.205/2019 foi aprovado em primeiro turno na ALMG

Na tarde de ontem, 20 de novembro, o Projeto de Lei 1.205/2019, de autoria do Governador do Estado, que dispõe sobre a cessão direitos creditórios de titularidade do Estado relacionados com a Companhia de Desenvolvimento...Leia mais.

Presidente do CSCS recebe homenagem dos policiais do Peru

Na última quinta-feira, 07 de novembro, o presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados (CSCS PM/CBM-MG), Cabo Coelho, recebeu das mãos do policial civil Alessandro Ferreira um diploma de reconhecimento da Associacion de...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG