Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
TJ manda prender 25 membros da Demônios da Vila Cemig e da Unidos da Faisão
Publicado em 21/08/2019 13:08

Facções têm controlado o acesso dos moradores à vila e feito rondas no local armados para aterrorizar moradores e membros da gangue rival.

(Foto: Divulgação / O Tempo)

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) determinou a prisão de 25 membros das gangues Demônios da Vila Cemig (DVC) e Unidos da Faisão (UF) em audiência realizada nesta terça-feira (20). As duas facções estão em guerra, situação que tem provocado muitas mortes na Vila Cemig, comunidade localizada no Barreiro, de acordo com o órgão. Além disso, os integrantes têm controlado o acesso dos moradores à vila e feito rondas no local armados para aterrorizar moradores e membros da gangue rival.

O órgão informou que 14, das 25 pessoas, foram presas por outros processos e que 17 estavam soltos. Na audiência, também foram interrogados três dos réus. Dentre eles, um conhecido como “Pára-bala, apontado com um dos principais traficantes da região, que inclusive assumiu ter sido autor de muitos homicídios na região”.

Um dos militares à frente da ocorrência, o tenente Eduardo, do 41° Batalhão da Polícia Militar, conversou com a reportagem nesta terça e disse que a situação na comunidade hoje já está controlada. “Essa guerra é causada pela disputa de território do tráfico de drogas, mas, com monitoramento da PM, a situação é de tranquilidade”, disse.

Clima de terror

Na semana passada, começou a circular nas redes um vídeo no qual uns bandos de homens armados aparecem fazendo uma ronda em vielas da comunidade. O autor do vídeo aponta exibe uma arma para a câmera enquanto filma o resto do grupo munido de armas. Um dos homens, aliás, segura uma espingarda calibre 12.

A Polícia Militar confirmou a veracidade da gravação e disse que o vídeo foi feito recentemente. Relatou, entretanto, que as armas que aparecem na filmagem já foram apreendidas pelos agentes. “Por meio de denúncia anônima, também encontramos coletes a prova de bala, toucas ninja e porções de drogas variadas”, afirma o tenente Eduardo, do 41° Batalhão da Polícia Militar, localizado no Barreiro.

Além disso, uma mensagem intimidadora, atribuída a uma das gangues, também caiu na rede e amedrontou os moradores. O texto informa que os trabalhadores que atuam como motoristas de transporte de aplicativo têm de “entrar na favela de farol baixo e luz do teto ligada” e que carros com insulfilm devem rodar com as janelas abertas. Caso essas ordens fossem descumpridas, ameaça o texto, os carros poderiam ser baleados.

A mensagem também ameaça eventuais delatores da gangue para a PM. “Quem for pego passando informações ou tirando foto vai sofrer as consequências. Quem ficar desfilando na vila pagando de louco vai tomar tiro. ”

O militar conta que, no mesmo dia em que o texto começou a circular, a PM já estava a postos na vila. “Rapidamente, tivemos conhecimento dessas mensagens, pulverizadas muito rapidamente. Já estávamos fazendo operação na vila, com monitoramento 24 horas por dia. No fim de semana, não recebemos qualquer tipo de chamado, nem corriqueiros. Não foi registrado qualquer tipo de crime violento.

Fonte: Laura Maria com Camila Kifer – O Tempo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG