Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Preso um dos traficantes mais perigosos do Aglomerado da Serra
Publicado em 24/06/2019 14:06

Conhecido como

(Foto: PMMG/DIVULGAÇÃO)

Um dos homens mais procurados pela polícia e um dos líderes do tráfico do aglomerado da Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, foi detido na última sexta-feira (21) pela Polícia Militar. Pablo Junio de Laia, 25, conhecido como “Macalé”, estava foragido desde abril deste ano, quando fugiu do Presídio de São Joaquim de Bicas I, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A prisão dele aconteceu durante a sexta fase da operação Êxodo 20:13, na vila Acaba Mundo, localizada na região Centro-Sul da capital.

Em duas tentativas anteriores da polícia de recapturar o traficante, houve troca de tiros entre os militares e o suspeito, que conseguiu fugir nas duas vezes. Desde então, de acordo com a polícia, a prisão de Macalé era considerada prioridade.

Ainda de acordo com a polícia, desde que fugiu do presídio, Macalé teria reassumido o comando do tráfico da região, sendo um dos nomes mais fortes da chamada “Organização Terrorista do Najá”, segundo a PM. De acordo com o boletim de ocorrência, outros traficantes o denunciavam devido à “sua agressividade”. A polícia informou que Macalé se considerava o “inimigo número 1” do Estado.

Segundo os militares que efetuaram a prisão do suspeito, ele já havia agredido moradores do aglomerado e tem várias passagens por tráfico de drogas, homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Constava contra ele um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. Durante a prisão, foram apreendidas duas pistolas e porções de drogas.

Na época da fuga de Macalé, a Secretaria de Estado de Administração Prisional informou que ele escapou “por transposição de barreiras”, com o uso de lençóis.

A Polícia Civil informou que Macalé foi reencaminhado ao sistema prisional.

Presos três suspeitos de integrarem facção

Três integrantes de uma facção criminosa que controla parte do tráfico de drogas no aglomerado Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, foram presos na última sábado (22) pela Polícia Militar (PM) durante a operação Êxodo 20:13.

Segundo a corporação, a prisão dos suspeitos ocorreu na rua Bandonion, conhecida como um ponto de venda de drogas comandado pela chamada “Organização Terrorista da Arara”, que comanda parte do tráfico na região.

A PM informou à reportagem que, após monitorarem o local, identificaram a venda de drogas, quando abordaram os três membros da facção, dois de 26 anos e um de 31, e os prenderam em flagrante.

Ainda segundo a Polícia Militar, além dos três presos, havia outros suspeitos no local, mas eles conseguiram fugir.

Apreensão

Na ação policial, foram apreendidos um revólver calibre 38, munição, dez pinos de cocaína, 146 buchas de maconha, 115 pedras de crack, dois radiocomunicadores, uma balança de precisão e R$ 279 em dinheiro. Os três suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes (Ceflan) (Franco Malheiro)

Combate

Operação. A sexta fase da Êxodo: 20:13, que visa ao combate de homicídios, teve início na quinta-feira e terminou neste último domingo (23). A ação, sob o comando do 22º Batalhão da PM, ocorre em aglomerados de BH.

Fonte: Franco Malheiro e Lisley Alvarenga – O Tempo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG