Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Polícia apreende oito adolescentes após confusão em escola de Carapicuíba
Publicado em 04/06/2019 13:06

Professora relatou ter sido ameaçada por alunos que atiraram carteiras e causaram bagunça em sala de aula. Jovens poderão responder por crime análogo à associação criminosa.

(Foto: Reprodução/TV Globo)

A Polícia Civil apreendeu nesta segunda-feira, 3, oito adolescentes suspeitos de participarem de uma confusão na Escola Estadual Maria de Lourdes Teixeira, em Carapicuíba, na Grande São Paulo. As imagens em que os jovens aparecem atirando carteiras e gritando em sala de aula ganharam repercussão após reportagem da TV Globo exibida neste domingo.

A professora que dava aula no momento da confusão, que aconteceu na sexta-feira, 31, relatou ter sido ameaçada pelos alunos e acrescentou que o clima de tensão é constante na escola. Segundo a polícia, os adolescentes foram autuados por associação criminosa e serão apresentados à Vara da Infância e da Juventude.

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado disse repudiar "todo e qualquer ato de violência dentro e fora do ambiente escolar" e acrescentou que a diretoria regional de ensino está à disposição da docente. A pasta informou que sete alunos foram suspensos e os responsáveis foram chamados. "O Conselho Tutelar está acompanhando o caso."

O conselho tinha uma reunião marcada para o fim da tarde desta segunda para deliberar sobre sanções quanto ao caso, "podendo ser decidido até pela transferência compulsória desses estudantes", segundo informou a Secretaria da Educação. Até o início da noite, não havia sido divulgado o desfecho da reunião.

A pasta da Educação disse ainda que a escola possui professor mediador que "trabalha na resolução de conflitos e incentivo à cultura de paz".

Fonte: Redação, O Estado de S.Paulo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG