Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Central de Bloqueio de Celulares atende cerca de 50 vítimas por semana
Publicado em 08/11/2018 14:11

Lançado há quatro meses, a Central visa facilitar o processo de bloqueio deixando o aparelho inutilizável.

(Foto: Divulgação / PMMG)

A Central de Bloqueio de Celulares do Estado de Minas Gerais (Cbloc), lançada em julho deste ano pela Secretaria de Estado de Segurança Pública de Minas gerais (Sesp) completou quatro meses e, embora recente, já registra mais de 50 atendimentos por semana.

Apesar de não coibir roubos de celulares, a Sesp registrou queda de 30% nas ocorrências deste tipo de crime em Minas Gerais, de janeiro a setembro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

Conforme os dados da pasta, na comparação dos dois anos, as ocorrências de roubos de celulares em Minas caíram de 47.096 para 32.651. Na capital, a redução chegou a 32%, saindo de 17.647 de janeiro a setembro de 2017, para 11.972 ante ao mesmo período em 2018.

Para o superintendente de Integração e Planejamento Operacionais da Sesp, Leandro Almeida, apesar da redução, ainda não é possível relacionar a Cbloc à queda da modalidade criminosa. “Em geral, os crimes de roubos e furtos de celulares vêm diminuindo, mas ainda é cedo para atribuirmos à Cbloc. O que temos hoje são dados da participação social”, revela.

Quem já teve o celular roubado sabe o quão trabalhoso era o processo para tentar bloqueá-lo e por isso a iniciativa da Cbloc é facilitar o processo deixando o aparelho inutilizável. Antes, o bloqueio era feito via telefone, com o número da Identificação Internacional de Equipamento Móvel (Imei) junto à Anatel ou à operadora, agora, segundo o superintende, o processo de bloqueio ficou mais simples. “O celular sofre um apagão e não funciona mais. E a vítima pode fazer o bloqueio usando apenas o número da linha telefônica, os dados pessoais e a ocorrência policial do crime” explica Almeida.

Bloqueados, os celulares perdem o valor de revenda, e, em caso de localização, a polícia entra em contato com a vítima que pode fazer o desbloqueio do aparelho e utilizá-lo normalmente.

Foi assim com o analista de redes e comunicação de dados, Thiago Duarte, de 30 anos. Depois de sofrer um furto e perder o celular em outubro deste ano, o analista fez o Boletim de Ocorrência e o bloqueio no site: cbloc.seguranca.mg.gov.br/. No mesmo mês a polícia localizou o telefone com uma pessoa que tentava vendê-lo. O indivíduo foi preso e o aparelho devolvido ao Thiago.

Fonte: Raquel Penaforte – O Tempo

MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG