Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Operações contra tráfico de drogas em Minas terminam com prisão de membro do PCC e apreensões
Publicado em 07/11/2018 10:11

Operações chegaram a um dos líderes do PCC, que ordenou queima de ônibus em Minas, e grande quantidade de drogas.

(Foto: Divulgação / PMMG / PCMG)

Nas últimas semanas diversas operações foram realizadas no Estado contra o tráfico de drogas, duas operações da Polícia Civil, a “End Rauchen” e “Fast Drug”, que vieram a público nesta terça-feira (6), terminaram com a apreensão de grandes quantidades de drogas e a prisão de membros do Primeiro Comando da Capital (PCC), responsáveis por ordenar as queimas de ônibus em Minas Gerais, que ocorreram no primeiro semestre do ano.

End Rauchen

As prisões desta operação foram realizadas em outubro, porém, os resultados da “End Rauchen” foram apresentados nesta terça-feira à imprensa. Segundo o delegado responsável, Thiago Machado, trata-se de um passo importante no combate ao tráfico no estado. “Desarticulamos uma organização que operava o tráfico nas cidades de Teófilo Otoni, Pouso Alegre, Sete Lagoas e BH”, afirma.

De acordo com o delegado, um dos homens presos na investigação é membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), organização que domina o crime no estado de São Paulo, e também foi o responsável por diversas queimas de ônibus na capital e cidades do Sul de Minas, ocorridas no primeiro semestre deste ano.

As ordens para a queima partiam do alto comando da organização criminosa e chegavam a um homem conhecido como “Pezão”, que recrutava os comparsas e dava as ordens para os ataques, exigindo fotos e vídeos dos crimes. Pezão foi preso pela polícia. Ele ostentava uma vida confortável, com vários imóveis e um veículo blindado, avaliado em cerca de R$ 145 mil.

Outro homem, conhecido com Nonô, também membro do PCC, foi preso em Itatiaiuçu, na Grande Belo Horizonte, enquanto ia fazer a entrega de crack. O enteado de Nonô também foi preso por ter incendiado um ônibus no bairro Alto dos Pinheiros, na região Noroeste, em junho.

Uma mulher foi presa por envolvimento com a quadrilha e lavagem de dinheiro, além de indícios de estar negociando armas com o grupo, para terceiros.

Fast Drug

A operação foi realizada nesta terça e terminou com a prisão de um homem de 38 anos, já conhecido pela polícia por ter passagens por porte de arma e agressões à sua companheira.

A investigação de dois meses levou a polícia até uma casa no bairro Cabana, na região Oeste de Belo Horizonte, identificada como ponto de tráfico de drogas. No local, um homem foi preso e a polícia apreendeu três balanças; 30 tabletes de maconha de aproximadamente um quilo cada; grande quantidade de seda; um facão; e 1,3 mil porções de maconha prontas para venda e consumo.

Segundo o delegado responsável pela “Fast Drug”, Gustavo Baletta, a operação visava combater o crime patrimonial – roubo de carros e a residências -, mas acabou chegando a um suspeito de tráfico. “Nós identificamos, por meio das investigações, que a quadrilha envolvida nos roubos também está associada ao tráfico. Já identificamos também outros alvos que podem ser presos a qualquer momento”, explica.

De acordo com Baletta, as grandes apreensões de drogas e operações realizadas neste sentido são por conta do período do ano. “Não há um dado, mas, por experiência, com a proximidade do final do ano, o período festivo e o Carnaval, as apreensões de drogas aumentam. E, com isso, crescem também as operações”, conta.

Outras operações

As forças de segurança pública de Minas Gerais estreitaram o cerco contra o tráfico de drogas. Ainda nesta manhã, a Polícia Militar (PM) prendeu uma jovem de 18 anos, na Rodoviária de Belo Horizonte, portando aproximadamente 30 quilos de maconha. Na segunda-feira (5), uma denúncia levou os militares à apreensão de 36 buchas de substância semelhante à maconha, 60 pedras de substância análoga a crack e 41 pinos de substância semelhante de cocaína.

Além disso, em 31 de outubro, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e a Polícia Rodoviária Federal, deflagraram a operação “Rota 040”, visando o cumprimento de 22 mandados de prisão preventiva e 22 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara de Tóxicos de Belo Horizonte.

O objetivo era desarticular um esquema de tráfico interestadual de drogas operado desde o Mato Grosso do Sul e São Paulo até Minas Gerais, onde os entorpecentes eram distribuídos na capital, na Região Metropolitana e em diferentes cidades do interior mineiro. As investigações duraram 10 meses.

No curso das investigações, houve a prisão de alguns dos envolvidos e apreensão de grande quantidade de drogas: aproximadamente 130 quilos de cocaína na forma de pasta base e crack, além de 250 quilos de maconha.

Fonte: Rafael D”Oliveira – Bhaz

Foto: Divulgação / PMMG
Foto: Divulgação / PMMG
MAIS NOTÍCIAS
Confira como foi o Dia das Crianças no CSCS

O sábado, 12 de outubro, foi comemorado com muita diversão e alegria pelas crianças que passaram pelo Centro Social dos Cabos e Soldados (CSCS PM/CBM-MG) em BH. Com atividades recreativas e muitas guloseimas, as...Leia mais.

CSCS de Governador Valadares constrói novas churrasqueiras na Sede Campestre

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) regional Governador Valadares, através dos funcionários Fabinho, Elessandro e Sebastião, que tiveram...Leia mais.

II Semana de Integração e Saúde aconteceu no CSCS

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) foi sede da II Semana de Integração e Saúde, organizada pelo Centro de Atividades Musicais da PMMG,...Leia mais.

CSCS participa de 3º Encontro entre Parlamentares e Lideranças no âmbito do Movimento Sou Minas Demais

O presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), Cabo Coelho, junto ao diretor administrativo do CSCS, Sgt Oliva, estiveram presentes no 3º Encontro...Leia mais.

Polícia recupera carga roubada de três toneladas de explosivos

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A Polícia Civil recuperou, na noite desta segunda-feira (23), uma carga de três toneladas de explosivos que havia sido roubada durante manhã, na BR-381,...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG