Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Grupo é preso com 40 kg de maconha e um dos detidos tenta subornar PMs
Publicado em 24/10/2018 15:10

Droga foi encontrada na casa de três irmãos; um dos presos é suspeito de ter atropelado e matado cabo da polícia.

(Foto: Divulgação / PM)

O serviço de inteligência da Polícia Militar levou a corporação a prender oito homens, nessa terça-feira (23), no bairro Colégio Batista, região Leste de Belo Horizonte, por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas.

Em uma casa, militares encontram 40 kg de maconha e, durante o registro da ocorrência, um dos detidos tentou subornar os policiais oferecendo R$ 10 mil.

De acordo com o registro policial, os agentes de segurança de Lagoa Santa, na região metropolitana da capital, foram informados que entorpecentes estavam escondidos em uma casa da rua Ubá, em Belo Horizonte. Quando chegaram ao endereço indicado, eles encontraram um jovem, de 21 anos, carregando um saco. Ele tentou fugir, mas acabou preso. Além dele, estavam no imóvel mais seis homens, sendo três irmãos, proprietários da residência.

Durante buscas no local, 38 tabletes de maconha foram encontrados no saco e também em um porão. A PM ainda apreendeu três balanças de precisão, telefones, uma máquina de cartão de crédito e R$ 850 em dinheiro.

Em conversa com os militares, os irmãos, que têm idades entre 29 e 31 anos, contaram que eram apenas usuários e que a droga havia sido guardada no imóvel pelo detido.

Por sua vez, o suspeito contou os policiais que tinha uma arma escondida na casa de um amigo, onde uma pistola 380 e oito cartuchos intactos foram localizados. O homem que guardou a arma não foi encontrado.

Durante a ocorrência, um outro homem, de 28 anos, alegou aos policiais que estava em liberdade provisória e ofereceu R$ 10 mil para que fosse liberado. Os militares fingiram aceitar a quantia, e o homem ligou para o sogro, de 52 anos, que foi até o local marcado com o dinheiro. Ao ser indagado, ele disse que desconhecia por qual motivo o genro tinha pedido os R$ 10 mil. Os dois também foram presos por corrupção ativa.

O grupo foi encaminhado à Central de Flagrantes 1 (Ceflan).

Morte de policial

Ainda conforme a polícia, o primeiro detido é o motorista que atropelou e matou o cabo Christian Mohamed, de 43 anos, no dia 1º de setembro deste ano, no bairro Xangrilá, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

No dia do crime, o militar seguia para o trabalho de moto quando foi atingido por um carro em alta velocidade. Os ocupantes do veículo de passeio fugiram sem prestar socorro à vítima.

Fonte: Carolina Caetano – O Tempo

MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG