Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Polícia abre inquérito para apurar explosão que matou três em fábrica
Publicado em 10/10/2018 10:10

A Polícia Civil de São Paulo instaurou inquérito para investigar as causas da explosão de um reator que matou três trabalhadores na indústria química Biocapital, localizada em Charqueada, município da região de Piracicaba, distante 180 quilômetros da capital. A explosão ocorreu por volta das 9 horas desta terça-feira (9) e, além dos três óbitos, feriu sem gravidade um empregado da fábrica.

Segundo a Polícia Civil, os mortos são Cláudio Bozzo Júnior, 30; Igor Barros da Silva, 20 e Luis Gustavo dos Santos, de 31 anos.

Nas redes sociais, parentes e colegas dos três lamentaram o acidente. Citando Bozzo Júnior, um empregado da Biocapital identificado como Bruno Oliveira contou que costumava trabalhar com os três funcionários mortos na explosão, mas, neste dia, havia pedido para trocar o turno.

“Não sei o que dizer. Era para eu estar lá”, escreveu Bruno. “Deus me deu uma segunda chance. Trabalhei ano com vocês e bem hoje troquei de turno. Bem, hoje vocês se vão. Com muita dor por vocês, o único motivo para [eu] agradecer é por estar vivo”, escreveu o internauta. Ele contou ainda ter abraçado Bozzo Júnior quando este chegava para trabalhar e recomendado que os colegas tivessem cuidado. “Por que isso, hoje?”

Em nota, a Biocapital explicou, sem esclarecer quais, que dois dos trabalhadores mortos eram do próprio quadro funcional da empresa e o outro era terceirizado. A companhia lamentou o ocorrido e disse que dará todo apoio e auxílio necessário às famílias das vítimas.

“As causas do acidente estão sendo apuradas pelas autoridades competentes, estando a Biocapital a disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários, colaborando, sem medir esforços, com a investigação para a elucidação dos fatos”, garantiu a empresa.

Diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas de Americana e Região, Kleber Roberto Fonseca esteve no local no início da tarde. “Não pudemos entrar e chegar perto do reator que explodiu porque os bombeiros ainda não tinham liberado a área, devido ao risco de vazamento de gases tóxicos”, informou.

Fonseca disse que se reuniu na chegada com representantes da empresa, que informaram sobre a explosão. Ele informou à Agência Brasil que o sindicato também vai oferecer apoio às famílias das vítimas, inclusive psicológico. De acordo com ele, o sindicato já havia apresentado denúncia contra a empresa ao Ministério Público do Trabalho (MPT), em Americana, por falta de recolhimento do INSS dos empregados.

Nenhum representante da Biocapital atendeu aos telefonemas da Agência Brasil.

Fonte: Alex Rodrigues - Agência Brasil

MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG