Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Cristian Cravinhos é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão
Publicado em 10/10/2018 10:10

Conhecido pela participação no assassinato do casal von Richthofen estava em regime aberto quando foi preso por suborno.

(Foto: Reprodução / TV Record)

Conhecido pela participação no assassinato do casal von Richthofen, Cristian Cravinhos foi condenado a 4 anos e 8 meses de prisão pela Justiça Criminal de Sorocaba (SP) por tentativa de suborno a policiais.

A decisão foi dada no início da noite desta segunda-feira, 8, pela juíza Margarete Pellizari, da 2ª Vara Criminal, que determinou o cumprimento da pena em regime fechado, por ele ser reincidente. Cravinhos já estava preso em Tremembé (SP) desde a data do crime, em abril deste ano.

O acusado, que cumpria em regime aberto a pena de 38 anos e 6 meses de prisão pela morte dos Richthofen, foi detido pela Polícia Militar em Sorocaba, após ter se desentendido com uma mulher.

Ele a teria agredido, mas a vítima não registrou a ocorrência. Por estar descumprindo as regras do regime aberto, pois estava fora da cidade de seu domicílio e em um bar, Cristian tentou subornar os policiais, oferecendo R$ 1 mil em espécie, mais o dinheiro obtido com a venda de uma moto, segundo o inquérito. Ele foi autuado flagrante.

Em poder do suspeito, os policiais encontraram munição de uso restrito, mas Cravinhos foi absolvido desse crime por falta de provas. A juíza considerou, no entanto, que ele cometeu o crime de tentativa de suborno.

Recurso

O advogado de Cristian, Ivan Peterson de Camargo, vai entrar com recurso. Segundo o defensor, a sentença se baseou apenas na palavra dos policiais, sem outros elementos de prova. O advogado considerou, ainda, que a pena foi excessiva.

Cristian Cravinhos foi condenado a 38 anos e 6 meses de prisão pela morte do casal Marísia e Manfred von Richthofen, em 2002, em São Paulo. Na época, seu irmão Daniel namorava Suzane von Richthofen, filha do casal, e os pais eram contrários ao relacionamento. Os três planejaram e executaram o assassinato do casal na casa da família.

Daniel, condenado a 39 anos e seis meses, está em regime aberto desde janeiro deste ano. Suzane foi condenada a 39 anos de prisão e a Defensoria Pública já pediu sua progressão para o regime aberto. O último pedido, feito no mês passado, foi negado pela Justiça.

Fonte: Estadão Conteúdo

MAIS NOTÍCIAS
Projeto esportivo de natação do CSCS conquista 9 medalhas na competição Swim Fest

Os alunos das aulas de natação do Projeto Esportivo do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) “Educação + Esporte =...Leia mais.

Motorista joga carro em barraco para ter dinheiro do seguro, mas acaba preso pela PM

Um motorista de aplicativo tentou dar um golpe para conseguir o dinheiro do seguro do veículo, mas a farsa foi descoberta. O homem acabou sendo detido por falsa comunicação de crime. O caso aconteceu neste domingo (14), em...Leia mais.

Bombeiros trabalham no combate de focos de incêndio na Serra do Curral

(Foto: CBMG/divulgação)

Militares do Corpo de Bombeiros combatem desde a noite desse domingo (14) incêndios em quase toda a extensão da Serra do Curral, na região Centro-Sul de Belo...Leia mais.

Homens fogem depois de tentar explodir caixa eletrônico na UFMG

(Foto: Regiane Alves/RecordTV Minas)

Três homens fugiram na madrugada deste domingo (14) depois de tentarem explodir um caixa eletrônico em um dos prédios do campus da UFMG (Universidade Federal de Minas...Leia mais.

Homem é encontrado morto em apartamento na Região da Pampulha, em Belo Horizonte

(Foto: Elton Lopes/TV Globo)

Um homem foi encontrado morto dentro de um apartamento, na manhã desta segunda-feira (15), no bairro Santa Terezinha, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte.

De acordo...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG