Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem é morto em pesque e pague, e casal é preso suspeito de roubar o celular da vítima
Publicado em 08/10/2018 13:10

Suspeito chegou sem dizer nada e atirou várias vezes. Crime foi na noite deste domingo (7) em Pedro Leopoldo.

Um homem foi morto a tiros na noite deste domingo (7) em um pesque e pague, no bairro Morada dos Anjicos, em Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), testemunhas contaram que estavam assentadas em torno de uma mesa quando, de repente, um homem com blusa de moletom de cor preta com capuz, boné preto e com as mãos no bolso da blusa sacou um revólver e atirou em Wesley Luiz Diniz Dias, de 30 anos.

A vítima tentou correr, mas caiu e foi baleado no rosto, barriga e braço. As testemunhas não souberam passar mais informações porque no momento dos disparos saíram correndo para se proteger, mas disseram que um casal que estava no local roubaram o celular da vítima e fugiram

Cerca de duas horas depois do crime, durante os trabalhos da polícia científica, o casal retornou ao local do crime. Carlos Fernandes de Carvalho, de 42 anos, e a namorada dele, Ketryni Adriana da Silva, de 19, foram interrogados pelos militares quanto ao celular da vítima e eles disseram que estava dentro do carro.

A PM fez buscas e encontrou um iPhone e um relógio. Os objetos foram reconhecidos pelos parentes do homem morto. O chip do celular estava com a mulher. Eles entraram em contradição e foram presos.

Até a publicação desta reportagem, o suspeito de atirar na vítima não havia sido encontrado.

Fonte: Bom Dia Minas — Belo Horizonte

MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG