Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Agente penitenciário assalta padaria e pede para a mulher chamar a PM
Publicado em 04/10/2018 10:10

Homem passa por tratamento psiquiátrico e estava afastado das atividades.

(Foto: Reprodução / Google Street View)

Um agente penitenciário foi detido nesta quarta-feira (3), após assaltar uma padaria no bairro Esplanada, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem de 38 anos, chegou ao comércio e pediu alguns pães de queijo. No caixa, anunciou o roubo. Ele ainda teria mostrado a arma a uma funcionária, que entregou uma quantia de dinheiro não revelada ao suspeito.

Os funcionários da padaria acionaram a PM, mas, para a surpresa de todos, a mulher do suspeito, de 40 anos, ligou para o estabelecimento, afirmando que o marido havia acabado de chegar em casa, contado sobre o crime e pedido para chamar a Polícia Militar. Ela orientou os funcionários da padaria a encaminharem os PMs até a casa deles.

No local, o homem afirmou à equipe policial que eles somente entrariam com um mandado. Os militares, então, solicitaram ao agente penitenciário que saísse do imóvel para uma conversa. Nesse momento, a companheira do suspeito relatou aos militares que o homem passa por tratamento psiquiátrico, estava afastado das atividades e faz uso de medicamento controlado.

O agente foi medicado e encaminhado, acompanhado por equipe da Secretaria de Estado de Administração Prisional (SEAP), a uma companhia da Polícia Militar na cidade. Com ele, os militares apreenderam uma pistola calibre .380, um carregador com munições do mesmo calibre e o veículo utilizado no assalto.

A Seap afirmou em nota que o agente penitenciário não estava em horário de trabalho durante a ocorrência e que até que os fatos sejam esclarecidos pela Polícia Civil, corporação responsável pela investigação, não divulgará informações sobre o histórico profissional do servidor.

Fonte: Michelyne Kubitschek – O Tempo

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG