Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
PM acha homem preso em porta-malas a “caminho da morte”, em Belo Horizonte
Publicado em 28/09/2018 10:09

Vítima foi sequestrada por grupo que o acusa de roubar carga de drogas avaliada em R$ 1.000; duas pessoas foram presas.

(Foto: Divulgação / Polícia Militar)

A Polícia Militar (PM) interrompeu o sequestro de um homem e o livrou de cárcere privado, na madrugada desta sexta-feira (28), em Belo Horizonte. Segundo a vítima, as pessoas que o prendiam o matariam.

Segundo o sargento Willer Alves Ferreira, do 22º Batalhão da Polícia Militar, durante patrulhamento no bairro Taquaril, foi avistado um Santana preto parado no meio da rua JK. Em volta do veículo, estavam cinco homens que fugiram com a aproximação dos militares. Dois deles, contudo, foram detidos.

"Nós ouvimos um barulho vindo do porta-malas do carro. Era uma pessoa pedindo socorro", contou o sargento.

O homem que estava preso alegou que iam matá-lo, devido a um boato de que ele teria pego uma carga de drogas avaliada em R$ 1.000 e extraviado. Porém, ele nega, afirmando já ter deixado a "vida do crime".

"Os presos falaram que estavam passando pelo local e que os homens que fugiram pediram ajuda para dar tranco no carro, que teria morrido no meio da rua", relatou Ferreira.

Ainda segundo o sargento, a vítima tinha passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas, e os suspeitos também já foram detidos por homicídio, tráfico e roubo.

Os três são maiores de idade e foram encaminhados para a Central de Flagrantes 4, para prestar esclarecimentos. O Santana preto foi apreendido.

Fonte: Fernanda Viegas – O Tempo

Foto: Divulgação / Polícia Militar
MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG