Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Quadrilhas que usavam táxis para transportar drogas são presas no interior de Minas
Publicado em 27/09/2018 11:09

Ao todo, 39 pessoas foram presas durante uma operação conjunta entre do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e das polícias Civil e Militar.

(Foto: Divulgação)

A operação conjunta entre o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e as polícias Civil e Militar, terminou com 39 pessoas presas no Vale do Rio Doce. O objetivo da ação era desmantelar quatro quadrilhas que agiam em Guanhães e cidades vizinhas. Todas elas utilizavam táxis para transportar entorpecentes. Além disso, agiam em conjunto, repassando entorpecentes umas para outras de acordo com a demanda de cada organização. Entre os presos estão dois taxistas, um deles é apontado como o líder de um dos bandos.

As investigações tiveram início no final de 2016, quando um detento condenado por tráfico de drogas, estava cumprindo pena em regime aberto e teria adquirido uma placa de táxi. “Levantou suspeitas é que ninguém o via no veículo, nem nos pontos de táxis e transportando passageiros. Além disso, vivia em uma casa muito grande e tinha mais de um veículo. Esta situação nos causou estranheza”, comentou o promotor Guilherme Heringer de Carvalho Rocha, de Guanhães.

Diante da suspeita, a promotoria começou a investigar o caso, e chegou a outros braços da quadrilha. Coincidentemente, outro taxista participava do esquema de tráfico de drogas. “Ele participava ativamente do tráfico de drogas. Fazia o transporte dos entorpecentes para outras cidades. Além disso, outros dois bandos foram identificados utilizando a mesma estratégia. Contratavam motoristas para fazer o transporte para outras cidades”, contou o promotor. Segundo ele, os motoristas não sabiam quais materiais estavam transportando.

Nessa terça-feira, uma megaoperação foi montada para chegar até os criminosos. A ação contou com a participação de 166 policiais militares, um delegado da Polícia Civil, e 46 viaturas. Ao todo, 39 pessoas foram presas. Sendo que duas foram detidas em flagrante com armas e drogas. Sete dos alvos já estavam presos por outros crimes.

Quadrilhas unidas

Mesmo sendo “adversários” no tráfico de drogas, a calmaria entre as quadrilhas chamou a atenção dos investigadores. “A peculiaridade que chamou a atenção dos policias do Gaeco é na cidade tem índices pequenos de violência entre as quadrilhas. Elas atuavam até cooperando uma com as outras. Quando faltava droga de uma delas, recorriam a outra facção para reabastecer”, contou o promotor Guilherme Heringer.

Fonte: João Henrique do Vale – Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS
Defesa Civil monitora situação de talude que pode se romper a qualquer momento em Barão de Cocais, na Região Central de MG

(Foto: Reprodução/Globocop)

A Defesa Civil de Minas Gerais continua monitorando, nesta quarta-feira (22), a situação do talude da Mina de Gongo Soco que pode se romper a qualquer momento em...Leia mais.

Novo bafômetro já é usado em quatro cidades de Minas; novidade está em saída de BH

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 13/4/17)

O cerco em Minas Gerais será fechado com ainda mais intensidade contra motoristas que insistem em dirigir depois de consumir bebidas alcoólicas. Para isso, um novo...Leia mais.

Governo publica decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

O governo federal publicou hoje (22) novo decreto que altera regras do Decreto nº 9.785, de 7 de maio de 2019, que trata da aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo no...Leia mais.

Maior apreensão do ano em MG: polícia recolhe 3 toneladas de maconha em JF

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um homem de 38 anos foi preso pela Polícia Civil em Juiz de Fora, na Zona da Mata, durante uma operação que resultou na maior apreensão de drogas...Leia mais.

Homem esfaqueia ex, invade igreja evangélica e mata fiéis em Paracatu

Um ex-militar das Forças Armadas invadiu uma igreja evangélica e matou quatro pessoas na noite desta terça-feira (21), em Paracatu, na região Noroeste de Minas. O homem esfaqueou a ex-namorada e, em seguida, entrou no...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG