Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Policial é executado com mais de 50 tiros de fuzil após receber ameaças em SP
Publicado em 27/09/2018 11:09

Veículo utilizado pelos criminosos foi encontrado pouco depois do crime, que ocorreu em Guarujá (SP). Carro foi encontrado queimado em Santos.

(Foto: G1 Santos)

Um policial militar foi executado com ao menos 10 tiros, na manhã desta quarta-feira (26), em Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo G1, ele trabalhava havia mais de 20 anos na corporação. Informações preliminares apontam que foram disparados cerca de 50 tiros de fuzil.

O policial militar estava de folga e deixou a mulher na travessia de balsas entre Santos e Guarujá. No retorno para casa, por volta das 7h30, um carro com pelo menos três pessoas emparelhou ao lado do veículo dele, na Rua Maranhão, em Vicente de Carvalho. Logo em seguida, o grupo efetuou os disparos. De acordo com informações de testemunhas, ele não estava fardado.

A vítima foi identificada como José Aldo dos Santos, 49 anos, e trabalhava no 21º Batalhão, em Bertioga (SP). O corpo da vítima permaneceu no automóvel enquanto o local passava por perícia. O caso foi apresentado no 2º Distrito Policial de Guarujá e não havia informações sobre a identidade dos criminosos durante o registro da ocorrência.

O G1 apurou, na manhã desta quarta-feira, que o policial estava sofrendo, há vários meses, ameaças de pessoas que acabaram não sendo identificadas. O carro utilizado pela quadrilha foi encontrado, por volta das 10h, no bairro Monte Cabrão. Segundo a polícia, antes de fugirem, os criminosos queimaram o veículo.

Fonte: G1 Santos

Foto: Rogério Soares / A Tribuna Santos
Foto: Rogério Soares / A Tribuna Santos
MAIS NOTÍCIAS
Confira como foi o Dia das Crianças no CSCS

O sábado, 12 de outubro, foi comemorado com muita diversão e alegria pelas crianças que passaram pelo Centro Social dos Cabos e Soldados (CSCS PM/CBM-MG) em BH. Com atividades recreativas e muitas guloseimas, as...Leia mais.

CSCS de Governador Valadares constrói novas churrasqueiras na Sede Campestre

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) regional Governador Valadares, através dos funcionários Fabinho, Elessandro e Sebastião, que tiveram...Leia mais.

II Semana de Integração e Saúde aconteceu no CSCS

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) foi sede da II Semana de Integração e Saúde, organizada pelo Centro de Atividades Musicais da PMMG,...Leia mais.

CSCS participa de 3º Encontro entre Parlamentares e Lideranças no âmbito do Movimento Sou Minas Demais

O presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), Cabo Coelho, junto ao diretor administrativo do CSCS, Sgt Oliva, estiveram presentes no 3º Encontro...Leia mais.

Polícia recupera carga roubada de três toneladas de explosivos

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A Polícia Civil recuperou, na noite desta segunda-feira (23), uma carga de três toneladas de explosivos que havia sido roubada durante manhã, na BR-381,...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG