Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Organização criminosa comandada por taxista é alvo de operação em Minas
Publicado em 26/09/2018 14:09

Ação ocorre em Guanhães e cidades vizinhas, para combater tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e corrupção de menores.

(Foto: Reprodução / WhatsApp)

Uma organização criminosa que atua no Vale do Rio Doce está na mira do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e das polícias Civil e Militar. Operação conjunta é realizada desde as primeiras horas desta terça-feira em Guanhães e cidades vizinhas, para combater o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e corrupção de menores. As investigações apontam que o líder do bando lavava o dinheiro conseguido com a atividade ilícita em um táxi e usava o veículo para transportar os entorpecentes.

Desde o início da manhã, estão sendo cumpridos 35 mandados de prisão preventiva e 47 de busca e apreensão. Houve o bloqueio de bens de membros da quadrilha e a suspensão de uma licença de táxi. O líder do bando é taxistas e, segundo as investigações, lavava o dinheiro proveniente do tráfico de drogas. Além disso, transportava os entorpecentes junto a outros criminosos.

As investigações começaram há um ano pelo Gaeco. A quadrilha, segundo apontou as apurações, era formada por pessoas da mesma família e dividida em grupos. Eles agiam em Guanhães e cidades vizinhas, como São João Evangelista, São Pedro do Suaçuí e Serro. Os criminosos mantinham contato com organizações em Montes Claros, no Norte de Minas, e a capital mineira. O objetivo é trocar informações sobre o tráfico de drogas.

Nas ações realizadas nesta terça-feira, foram apreendidas armas de grosso calibre. A operação continua durante todo o dia. O balanço final será repassado durante uma coletiva de imprensa marcada para a manhã desta quarta-feira.

Fonte: João Henrique do Vale e Washington Bonifácio – Estado de Minas

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG