Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Treze anos depois, um dos líderes do assalto ao Banco Central é preso
Publicado em 19/09/2018 13:09

Roubo aconteceu em agosto de 2005, quando uma quadrilha levou R$ 164,7 milhões do local, através de um túnel de 80 metros.

(Foto: Divulgação / Polícia Militar)

Um dos líderes do assalto milionário ao Banco Central em Fortaleza, Raimundo Laurindo Barbosa Neto foi preso nesta terça-feira, 18, em Boa Viagem, a 222 quilômetros de Fortaleza, 13 anos depois do crime.

A prisão foi feita pela Polícia Civil, que investiga Raimundo Laurindo por integrar grupo criminoso especializado em roubo a instituições financeiras e a veículos de transportes de valores. Raimundo fez exames de corpo de delito e foi transferido para Fortaleza.

O assalto ao Banco Central aconteceu em agosto de 2005, quando uma quadrilha roubou R$ 164,7 milhões, através de um túnel de 80 metros. Raimundo foi julgado pela participação no crime e condenado a 17 anos de prisão em regime fechado.

A 11ª Vara da Justiça Federal no Ceará expediu, além da condenação de Raimundo, sentença para Antônio Jussivan Alves dos Santos, o Alemão, de 49 anos e dois meses de reclusão, pagamento de multa de R$ 6,5 milhões e perdimento de todos os bens apreendidos.

Na mesma sentença, o juiz federal Danilo Fontenelle Sampaio condenou a uma pena idêntica o réu Marcos Rogério Machado de Morais, mas julgou improcedente a denúncia em relação a Josiel Lopes Cordeiro e Tadeu de Souza Matos.

Outros 15 réus já foram sentenciados pelo maior furto já praticado no Brasil. Os supostos 36 integrantes do núcleo original da quadrilha subtraíram R$ 164.755.150,00 em notas de R$ 50. Foram recuperados em dinheiro, bens móveis e imóveis, cerca de R$ 45 milhões, mais os bens de Alemão, que ainda não foram avaliados.

Seis suspeitos continuam foragidos, e quatro ainda não foram identificados. O assalto ao Banco Central acumula 15 ações penais, somando mais de 150 volumes.

Fonte: Estadão Conteúdo

MAIS NOTÍCIAS
Defesa Civil monitora situação de talude que pode se romper a qualquer momento em Barão de Cocais, na Região Central de MG

(Foto: Reprodução/Globocop)

A Defesa Civil de Minas Gerais continua monitorando, nesta quarta-feira (22), a situação do talude da Mina de Gongo Soco que pode se romper a qualquer momento em...Leia mais.

Novo bafômetro já é usado em quatro cidades de Minas; novidade está em saída de BH

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 13/4/17)

O cerco em Minas Gerais será fechado com ainda mais intensidade contra motoristas que insistem em dirigir depois de consumir bebidas alcoólicas. Para isso, um novo...Leia mais.

Governo publica decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

O governo federal publicou hoje (22) novo decreto que altera regras do Decreto nº 9.785, de 7 de maio de 2019, que trata da aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo no...Leia mais.

Maior apreensão do ano em MG: polícia recolhe 3 toneladas de maconha em JF

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um homem de 38 anos foi preso pela Polícia Civil em Juiz de Fora, na Zona da Mata, durante uma operação que resultou na maior apreensão de drogas...Leia mais.

Homem esfaqueia ex, invade igreja evangélica e mata fiéis em Paracatu

Um ex-militar das Forças Armadas invadiu uma igreja evangélica e matou quatro pessoas na noite desta terça-feira (21), em Paracatu, na região Noroeste de Minas. O homem esfaqueou a ex-namorada e, em seguida, entrou no...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG