Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Suspeito de atirar em quatro pessoas durante festa na casa de deputado fica calado em depoimento
Publicado em 06/09/2018 11:09

Arma utilizada no crime apreendida pela polícia.

Foi intimado a prestar depoimento, na tarde desta quarta-feira (5), na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Belo Horizonte, o empresário, de 28 anos, suspeito de atirar em quatro pessoas com uma espingarda de chumbinho durante uma festa promovida pelo deputado estadual Alencar da Silveira Jr. (PDT), na área de lazer do prédio onde ele mora, no bairro de Lourdes, na região Centro-Sul da capital.

De acordo com a delegada Danielle Durães, responsável pelo caso, o suspeito, que não possui antecedentes criminais, permaneceu em silêncio durante o interrogatório, juntamente com três advogados que informaram que o empresário reserva-se ao direito de apenas se pronunciar em juízo.

Ainda de acordo com a delegada, durante as investigações, o porteiro de um dos prédios vizinhos informou que o suspeito passou em frente à portaria e perguntou se “aquele barulho vinha dali”. Minutos depois, os disparos foram efetuados.

Segundo a Polícia Civil, testemunhas e vítimas dos disparos também serão intimadas para depor até a conclusão do inquérito. Caso seja indiciado, se condenado, o suspeito pode cumprir pena de reclusão de seis a vinte anos.

A delegada informou que para comprar e manusear a arma utilizada pelo empresário para cometer o crime não é necessário obter a licença para o porte e posse de arma, pois não se trata de arma de fogo, e sim, de arma de ar comprimido.

O artefato utilizado pelo suspeito para cometer o crime pode ser comprado pela internet com um preço que varia entre R$ 300 e R$ 600.

Identificação do suspeito

Segundo a Polícia Civil, o suspeito de atirar contra duas mulheres e dois homens durante a festa foi identificado, no último dia 31 de agosto, através de imagens registradas por câmeras de segurança de prédios localizados no entorno do local onde as vítimas foram atingidas. Em cumprimento de mandado de busca e apreensão, a polícia encontrou no apartamento do suspeito a arma usada no crime, uma espingarda de chumbinho com mira telescópica. Na ocasião, o homem não foi localizado.

O crime

No início da tarde do último dia 26 de agosto, quatro pessoas que participavam da festa foram atingidas por disparos de chumbinho. Duas mulheres, entre elas a esposa do deputado, ficaram feridas de raspão, uma no tornozelo e outra na coxa. Dois sobrinhos do parlamentar também foram vítimas do atirador. Um deles com lesões na mão e no ombro foi socorrido e liberado em seguida, o outro, de 17 anos, teve perfuração no abdômen e precisou passar por cirurgia no hospital João XXIII.

Segundo a delegada Danielle Durães, o jovem recebeu alta do hospital no início desta semana e passa bem.

Fonte: Janio Fonseca – Hoje Em Dia

Foto: Divulgação / PCMG
MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG