Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Suspeitos de tentar fraudar provas do concurso da PM são presos em Montes Claros
Publicado em 03/09/2018 15:09

Esquema custava R$ 10 mil a candidatos que quisessem gabaritos.

(Foto: Samuel Costa / Hoje em Dia)

Cinco pessoas foram presas nesse domingo (2) em Montes Claros, na região Norte de Minas Gerais, depois de serem flagradas tentando fraudar o concurso da Polícia Militar.

O certame, que foi realizado em várias cidades do Estado, têm como objetivo selecionar 1560 soldados para o Curso de Formação de Soldados da PM em 2019, e teve quase 60 mil candidatos prestando a prova objetiva no domingo. A ocorrência foi lavrada após um homem de 29 anos ser flagrado com um cartão magnético para transmissão de áudio e um ponto eletrônico no ouvido direito. O candidato realizaria o exame no Campus Funorte JK.

Depois de encontrar as irregularidades com o homem, a Polícia Militar o questionou e chegou ao nome do mentor do esquema, um homem de 38 anos que teria cobrado R$ 10 mil aos concorrentes que quisessem receber o gabarito da prova. Em sua casa, foram encontrados dispositivos eletrônicos receptores, um aparelho celular e uma central de circuito interno de TV.

Outros três participantes também foram presos encontrados com os mesmos materiais do primeiro suspeito. Dois deles, de 24 e 29 anos, foram presos na Unimontes e o outro, de 21, que seria responsável por responder as questões corretamente e repassar aos demais, fazia a prova no Colégio Tiradentes e teria recebido R$ 2 mil pela tarefa.

De acordo com o coronel Evandro Borges, comandante da 11ª Região da Polícia Militar, o concurso não foi prejudicado pelo esquema e continua sendo válido.

Fonte: Daniele Franco – Hoje Em Dia

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG