Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homens que se passavam por fiscais do Inmetro são presos; eles trocavam mangueiras de gás a R$ 230
Publicado em 24/08/2018 11:08

Seis homens foram presos, logo depois de darem o golpe em duas mulheres na Vila Santa Mônica.

(Foto: Divulgação / Bhaz)

Seis homens foram presos por policiais do 49º Batalhão da Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (23), na Rua Narcísio Teixeira Abreu, no bairro Vila Santa Mônica, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte, e podem ser condenados por estelionato.

Os indivíduos estavam aplicando golpes na região. Eles se identificavam como fiscais do Inmetro e entravam em várias residências para fiscalizar as mangueiras de gás. Daí, falavam com o proprietário que a mangueira estava vencida e faziam a troca, mediante o pagamento de R$ 230.

De acordo com o boletim de ocorrência lavrado, os homens tinham acabado de dar o golpe em duas moradoras da Rua Narcísio Abreu.

Depois de receberem notificação pelo 190, os militares abordaram o grupo suspeito que estava no endereço acima.

Quando abordados pelos militares, os homens disseram ser vendedores de mangueiras de gás, justificando as notas promissórias e os vários materiais que estavam dentro de uma Kombi usada por eles.

Enquanto os PMs faziam perguntas aos homens, as duas moradoras que tinham caído no golpe se aproximaram e disseram que eles tinham se identificado a elas como fiscais do Inmetro.

Elas contaram que os homens as abordaram em suas residências, dizendo que as mangueiras de suas casas estavam vencidas e que teriam de trocá-las ao custo de R$ 230, cada.

Os militares deram então voz de prisão aos seis homens e verificaram, ainda, que a Kombi estava com o licenciamento vencido. O veículo foi apreendido e removido para um pátio credenciado.

Os homens foram conduzidos à Delegacia Central De Flagrantes (Ceflam) 4, da Polícia Civil, onde a ocorrência foi encerrada.

Fonte: Cristiana Andrade – Bhaz

Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG