Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Soldado morto em assalto é o 64º PM assassinado este ano no Rio
Publicado em 24/08/2018 11:08

Morto no dia de folga durante uma tentativa de assalto na Baixada Fluminense, o soldado Paulo Vítor Barbosa Lopes, de 37 anos, entrou para as estatísticas como o 64º policial militar (PM) morto no estado do Rio de Janeiro. Lopes estava dirigindo quando foi abordado por criminosos que pretendiam assaltá-lo. Segundo a Polícia Militar, ele reagiu, e houve confronto.

Dos 64 policiais militares assassinados de janeiro até a última quarta-feira (22) no Rio, 17 foram mortos em serviço; 39 quando estavam de folga; e oito eram reformados. No ano passado, 134 policiais militares foram vítimas de homicídio.

No caso da tentativa de assalto desta quarta-feira, o soldado chegou a ser levado em estado grave para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu. Lopes estava lotado no 21º Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, em São João de Meriti, outro município da Baixada.

Enterro de militar

O corpo de outro militar assassinado será enterrado nesta tarde no Rio: o soldado do Exército Marcus Vinicius Viana Ribeiro foi baleado há três dias durante uma megaoperação contra o crime organizado em comunidades da zona norte do Rio.

Marcos Vinicius foi o terceiro militar das Forças Armadas morto no Rio desde fevereiro, quando teve início a intervenção federal na segurança pública do estado. Na terça-feira (21), o cabo Fabiano de Oliveira Santos e o soldado João Viktor Silva foram enterrados no Cemitério de Engenheiro Pedreira, em Japeri, na Baixada Fluminense.

Fonte: Léo Rodrigues – Agência Brasil

MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG