Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Soldado morto em assalto é o 64º PM assassinado este ano no Rio
Publicado em 24/08/2018 11:08

Morto no dia de folga durante uma tentativa de assalto na Baixada Fluminense, o soldado Paulo Vítor Barbosa Lopes, de 37 anos, entrou para as estatísticas como o 64º policial militar (PM) morto no estado do Rio de Janeiro. Lopes estava dirigindo quando foi abordado por criminosos que pretendiam assaltá-lo. Segundo a Polícia Militar, ele reagiu, e houve confronto.

Dos 64 policiais militares assassinados de janeiro até a última quarta-feira (22) no Rio, 17 foram mortos em serviço; 39 quando estavam de folga; e oito eram reformados. No ano passado, 134 policiais militares foram vítimas de homicídio.

No caso da tentativa de assalto desta quarta-feira, o soldado chegou a ser levado em estado grave para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu. Lopes estava lotado no 21º Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, em São João de Meriti, outro município da Baixada.

Enterro de militar

O corpo de outro militar assassinado será enterrado nesta tarde no Rio: o soldado do Exército Marcus Vinicius Viana Ribeiro foi baleado há três dias durante uma megaoperação contra o crime organizado em comunidades da zona norte do Rio.

Marcos Vinicius foi o terceiro militar das Forças Armadas morto no Rio desde fevereiro, quando teve início a intervenção federal na segurança pública do estado. Na terça-feira (21), o cabo Fabiano de Oliveira Santos e o soldado João Viktor Silva foram enterrados no Cemitério de Engenheiro Pedreira, em Japeri, na Baixada Fluminense.

Fonte: Léo Rodrigues – Agência Brasil

MAIS NOTÍCIAS
Defesa Civil monitora situação de talude que pode se romper a qualquer momento em Barão de Cocais, na Região Central de MG

(Foto: Reprodução/Globocop)

A Defesa Civil de Minas Gerais continua monitorando, nesta quarta-feira (22), a situação do talude da Mina de Gongo Soco que pode se romper a qualquer momento em...Leia mais.

Novo bafômetro já é usado em quatro cidades de Minas; novidade está em saída de BH

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 13/4/17)

O cerco em Minas Gerais será fechado com ainda mais intensidade contra motoristas que insistem em dirigir depois de consumir bebidas alcoólicas. Para isso, um novo...Leia mais.

Governo publica decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

O governo federal publicou hoje (22) novo decreto que altera regras do Decreto nº 9.785, de 7 de maio de 2019, que trata da aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo no...Leia mais.

Maior apreensão do ano em MG: polícia recolhe 3 toneladas de maconha em JF

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um homem de 38 anos foi preso pela Polícia Civil em Juiz de Fora, na Zona da Mata, durante uma operação que resultou na maior apreensão de drogas...Leia mais.

Homem esfaqueia ex, invade igreja evangélica e mata fiéis em Paracatu

Um ex-militar das Forças Armadas invadiu uma igreja evangélica e matou quatro pessoas na noite desta terça-feira (21), em Paracatu, na região Noroeste de Minas. O homem esfaqueou a ex-namorada e, em seguida, entrou no...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG