Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Homem tenta atropelar policiais e morre baleado em blitz no Bairro Guarani
Publicado em 21/08/2018 10:08

Suspeito tentou escapar de abordagem jogando carro contra militares na madrugada desta terça e eles atiraram. Dentro do carro polícia encontrou drogas e uma arma.

Um homem, ainda não identificado, morreu após tentar escapar de uma blitz no Bairro Guarani, Região Norte de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), ele tentou atropelar os militares, que atiraram contra o veículo dele. Dentro do carro foram encontradas drogas e uma arma.

O caso ocorreu pouco antes da 1h desta terça-feira. De acordo com a PM, consta no boletim de ocorrência que os policiais atuavam na operação BH Mais Segura e abordavam um motociclista quando o suspeito se aproximou em uma Fiorino branca, demonstrando nervosismo. O comportamento dele chamou a atenção dos policiais, que fizeram gestos e deram ordem para que ele parasse.

Nesse momento, o motorista da Fiorino jogou o veículo na direção de um sargento, que só não foi atropelado porque se jogou no chão. Ele sofreu um ferimento leve em um dos joelhos. O condutor continuou a fuga e tentou atropelar um soldado, que também conseguiu escapar.

Conforme a PM, os militares atiraram contra o veículo, que foi encontrado na Rua Pau-brasil. O motorista foi baleado e chegou a ser socorrido no Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova, mas morreu.

Ainda segundo a polícia, eles revistaram o carro e encontraram um revólver calibre 32 escondido sob o banco do passageiro, além de quatro barras de maconha prensada em um vão interno na lataria. Os policiais envolvidos na ocorrência ficaram detidos em um batalhão, procedimento adotado pela corporação nesse tipo de ocorrência.

Fonte: Cristiane Silva – Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS
Projeto de Lei consolidará o Sistema de Proteção Social dos Militares de MG

Na manhã desta terça-feira, 05 de maio, o presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), Cabo Coelho e o diretor administrativo, Sargento...Leia mais.

Previdência dos Militares mobiliza representantes de classe, parlamentares e Comandos da PM e CBM em BH

Na manhã desta quarta-feira, 29/04, o presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), Cabo Coelho e o diretor administrativo, Sargento Oliva,...Leia mais.

IPSM foi tema de reunião entre Entidades de Classe e parlamentares

Na última segunda-feira, 20 de abril, o diretor administrativo do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), Sargento Oliva, representando o presidente Cabo...Leia mais.

Nota de Repúdio – Governo de Minas declara embate com os servidores da Segurança Pública

A diretoria do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) teve acesso e repudia o memorando número 0283, do Comitê de Orçamento e Finanças...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG