Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Com 63.880 vítimas em 2017, Brasil bate recorde histórico de mortes violentas
Publicado em 10/08/2018 11:08

Foram 63.880 vítimas, o equivalente a 175 por dia, 7 por hora.

(Foto: Reprodução / Hoje Em Dia)

O Brasil atingiu em 2017 o maior número de mortes violentas intencionais, como homicídios e latrocínios, da sua história. Foram 63.880 vítimas, o equivalente a 175 por dia, 7 por hora. Os dados foram revelados nesta quinta-feira (9), pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em São Paulo. A taxa de mortes por 100 mil habitantes atingiu a marca de 30,8.

O ano de 2017 foi marcado por brigas entre facções criminosas que causaram, já no primeiro dia do ano, 56 homicídios no interior do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

O massacre se repetiria com intensidade similar em Boa Vista, na Penitenciária Agrícola Monte Cristo, onde 33 morreram, e na Penitenciária de Alcaçuz, na Grande Natal, onde ao menos 26 foram mortos.

O contexto de confronto entre essas organizações criminosas, cujos expoentes são o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV), permaneceu fora das prisões, elevando o número de assassinatos cometidos nas ruas em diversos Estados.

Mais de um ano depois dos assassinatos marcados pela crueldade, com decapitações e esquartejamentos, a reportagem constatou que a superlotação e as condições precárias ainda são uma realidade quase intocada nos presídios, em meio ao fortalecimento das facções e uma violência que só avança nas cidades.

Estados

O Rio Grande do Norte assumiu a liderança entre os Estados mais violentos do País, com uma taxa de 68 por 100 mil habitantes, seguido pelo Acre (63,9) e Ceará (59,1). As menores taxas foram constatadas em São Paulo (10,7), Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2).

Outros crimes

Outros crimes também registraram alta. As mortes decorrentes de ações policiais chegaram a 5,1 mil, crescimento de 20% em relação a 2016. No período, 367 policiais foram mortos, queda de 4,9%.

Os casos de estupros chegaram a 60 mil no País ao longo dos 12 meses de 2017, alta de 8,5% em relação a 2016.

Fonte: Estadão Conteúdo

MAIS NOTÍCIAS
Entidades de classe cobram do Governador de MG o pagamento do 13º salário dos servidores da Segurança Pública

O presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), Sargento Oliva, assinou o ofício em união com os deputados SubTen. Gonzaga, Cel. Sandro e...Leia mais.

Dupla é presa suspeita de portar arma de fogo ilegal em bairro de BH

No bairro São Gabriel, na região Nordeste de Belo Horizonte, dois homens foram presos com armas de fogo. Um dos suspeitos é irmão de um criminoso já conhecido pela Polícia Militar.

Fonte: R7 MG no...Leia mais.

Homem usa remédio para causar aborto em companheira durante o sexo e é preso em flagrante

Na noite do dia 14 de novembro, um sábado, Tamires, 32, que preferiu não ter o sobrenome divulgado, fez sexo com Giuliano Augusto Trondoli Cunha, com quem se relacionava desde janeiro deste ano. Na ocasião, Giuliano Trondoli...Leia mais.

Polícia Civil prende quatro suspeitos de homicídio em ocupação em Belo Horizonte

Três homens e uma mulher, com idades entre 20 e 30 anos, suspeitos de cometerem um homicídio foram presos em Belo Horizonte na última segunda-feira (23). Segundo informações repassadas pela Polícia Civil...Leia mais.

Homem é preso após fazer a ex refém e ameaçar matá-la em Venda Nova, em BH

A Polícia Militar prendeu na manhã desta quinta-feira (26) um homem de 38 anos suspeito de fazer a ex-namorada refém. O crime ocorreu por volta de 3h40 no Bairro Jardim Leblon, Região de Venda Nova.

Segundo o...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2020 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG