Home | Plataforma CSCS | Webmail | Documentos | Dúvidas Frequentes | Facebook | Instagram | Fale Conosco
HOME | INSTITUCIONAL | ASSOCIE-SE JÁ! | SERVIÇOS OFERECIDOS | HOTÉIS DE TRÂNSITO | REGIONAIS | POUSADAS | CASA DE APOIO | PROTEÇÃO AUTOMOTIVA | JURÍDICO | FALE CONOSCO | CSCSTV (vídeos)
img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

img

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Nome:
Email:
Confirme seu cadastro:
Nome:
(DDD)
Confirme seu cadastro:
Bombeiros usam drone para prevenir e combater queimadas em Minas Gerais
Publicado em 11/07/2018 12:07

Equipamento economiza tempo e dinheiro, localiza com precisão os focos e coíbe ações criminosas.

(Foto: Reprodução / TV Globo)

A baixa umidade relativa do ar, a elevação das temperaturas durante o dia e a época de estiagem são fatores que favorecem os incêndios em vegetação. Para prevenir e combater os focos, os militares do Corpo de Bombeiros contam com um aliado: o drone.

De acordo com o capitão Thiago Miranda, o equipamento, por meio de voos de verificação, economiza tempo e dinheiro porque localiza com mais precisão os focos e suspeitos de colocar fogo, e coíbe ações criminosas.

A corporação informou que três atitudes são primordiais para prevenir as queimadas:

  • Evitar atitudes que possam levar ao incêndio florestal,
  • Denunciar ações criminosas ou negligentes,
  • Fazer contato rapidamente ao perceber um foco de incêndio.

Para acionar o Corpo de Bombeiros, basta ligar para o número 193.

Conforme os bombeiros, não se pode afirmar que todos os incêndios em áreas de vegetação são causados de forma criminosa, até porque a comprovação desses dados requer perícia especializada na área (o que atualmente não ocorre porque a Polícia Civil, encarregada deste tipo de análise, possui um baixo efetivo e não consegue suprir a demanda).

No Parque Estadual da Serra do Rola Moça, no ano passado, a área queimada da unidade de conservação foi de 503,24 hectares, o que representa 12,58% da área total do parque.

Este ano, os dados de incêndios a lote vagos em áreas urbanas preocupam: em 2017, de janeiro a maio, foram 1.526 casos, e este ano já foram 1.711 ocorrências.

Fonte: Bom Dia Minas

Foto: Reprodução / TV Globo
MAIS NOTÍCIAS
Jurídico do CSCS recebe elogio de associado

A assessoria jurídica da Sede do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) obteve, mais uma vez, sucesso em processo judicial, em Belo Horizonte.

O...Leia mais.

Deputados e Entidades de Classe da segurança pública convocam as mobilizações também para o interior de MG

Nesta quinta-feira, 7 de março, durante a reunião com os deputados Sargento Rodrigues e Subtenente Gonzaga, juntamente com Cel Mendonça,
entidades de Classe da segurança pública - CSCS, ASPRA, ASCOBOM,...Leia mais.

Diretoria do CSCS reinaugura casa de apoio em BH

Pensando no conforto e comodidade de seus associados e após 3 meses em reforma, a Casa de Apoio do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG), localizada em...Leia mais.

Dirigentes do CSCS participaram de manifestação no centro da capital

Durante nomeação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na tarde desta sexta-feira (01), diversas entidades de classes, que representam os servidores públicos do estado,...Leia mais.

CSCS convoca servidores públicos para a manifestação do dia 01 de fevereiro

O Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CSCS PM/CBM-MG) como representante de classe dos militares e junto às demais categorias da segurança pública do...Leia mais.

VER TODAS AS NOTÍCIAS
Redes Sociais
Centro Social dos Cabos e Soldados PM/CBM-MG - Rua Dom Oscar Romero, nº 500 - Belo Horizonte - Minas Gerais
Central de atendimento ao Sócio cscs@cscs.org.br | Fone Sede Social: (31) 3371-6563
© 2019 | Assessoria de Comunicação - CSCS PMCBM-MG